fique atento

o Itaú não entra em contato com você para os seguintes procedimentos

  • Solicitar atualização ou sincronização de iToken.
  • Informar que sua conta será bloqueada por falta de atualização de cadastro.
  • Pedir transferências, transações para testes, estorno de valores ou cadastro de favorecidos.
  • Retirar seu cartão, notebook, celular e/ou chip ou qualquer outro eletrônico.
  • Fazer videochamadas para operações realizadas no caixa eletrônico.
Cliente Itaú sentada no sofá acessando o app Itaú pelo celular
Homem sorrindo sentado no sofá segurando um tablet

conheça o dispositivo de segurança iToken

O iToken é o dispositivo do Itaú que gera códigos numéricos para a realização de transações digitiais.

quer reportar um golpe?

Foi vítima de um golpe ou fraude? Recebeu algum e-mail ou SMS suspeito? Conheça os nossos canais e entre em contato conosco.

 

SMS, páginas e e-mails falsos: emailsuspeito@itau-unibanco.com.br

Golpes e fraudes: inspetoria@itau-unibanco.com.br

conheça os golpes

Dicas e orientações de como se prevenir ou reportar as fraudes.

O Itaú possui ferramentas e pessoas treinadas para entender o ocorrido e te ajudar no que for necessário.

O que fazer se houver algum problema:

Se você identificar alguma transação em sua conta corrente que não realizou, entre em contato imediatamente com a central de atendimento ao cliente ou dirija-se à agência mais próxima.

Itaú 30 horas no telefone

Telefones

4004 4828
Capitais e regiões metropolitanas

0800 970 4828
Demais localidades

55 11 4004 4828

Para clientes no exterior

Não são permitidas chamadas a cobrar.

Todos os dias da semana, 24h por dia.

Serviço de Atendimento ao Cliente - SAC

SAC Corporativo

0800 728 0728
Todas as localidades

SAC Personnalité

0800 722 7377
Todas as localidades

Todos os dias da semana, 24h por dia.

Agências

Para encontrar a agência mais próxima, utilize o localizador na página inicial do nosso site.

 

O que fazer se você não reconhecer uma conta corrente:

Se você descobrir uma conta corrente em seu nome que não reconhece, vá até a agência mais próxima levando os documentos abaixo e relate o ocorrido.

• Documento de identificação com foto e assinatura;
• CPF e comprovante de residência.

Golpe do código do WhatsApp

Neste golpe, os golpistas utilizam o aplicativo WhatsApp para realizar fraudes através de diversas abordagens.

Veja o passo a passo de como as tentativas de fraude ocorrem:

Fraudador identifica uma vítima

Num aparelho de celular qualquer, instala o app WhatsApp e cadastra o número do celular da vítima;

Contata o dono do número fingindo ser de qualquer empresa que a vítima tenha relacionamento;

No meio da conversa informa que para as devidas confirmações a pessoa receberá um SMS com um código e pede o código recebido;

A vítima passa o código, mas esse é o código de habilitação do WhatsApp em dispositivos;

Em seu aparelho, o fraudador insere o código de habilitação do WhatsApp no aplicativo em nome da vítima.

A partir daí, se passando pela vítima (dono verdadeiro da conta do WhatsApp), o fraudador inicia troca de mensagens com os contatos da vítima. Com acesso ao histórico das conversas, se apropria de diversas situações e pede dinheiro emprestado. Os contatos acreditando que é a vítima de verdade, transfere valores para o fraudador.

Proteja-se

Recomendamos ativar o recurso de segurança em sua conta WhatsApp. Para isso, siga os seguintes passos:

- No aplicativo WhatsApp, entre em “Configurações”

- No aplicativo WhatsApp, entre em “Configurações”

- Acesse a opção “Conta”

- Selecione “Confirmação em duas etapas” ou “Verificação em duas etapas”

- Clique no botão “Ativar” e registre* uma senha

- *Para ativar este recurso, o usuário é obrigado a colocar uma senha (PIN) de seis dígitos que protege a conta WhatsApp. Conforme regras de uso do WhatsApp, ela será solicitada periodicamente durante a utilização do aplicativo, se houver troca de aparelho ou se desinstalar e instalar o aplicativo.

- Nunca informe senhas, códigos verificadores, códigos de habilitação, dentre outros códigos a ninguém, nem para funcionários de bancos.

- Desconfie se alguém de seus contatos pedir dinheiro emprestado em caráter de urgência. Neste caso, contate a pessoa por telefone para confirmar a solicitação.

- Desconfie se alguém de seus contatos pedir dinheiro emprestado em caráter de urgência. Neste caso, contate a pessoa por telefone para confirmar a solicitação.

Golpe do falso gerente que contata cliente por WhatsApp

O fraudador se passa pelo gerente de conta e entra em contato com os clientes solicitando informações.

Proteja-se

O Itaú não entra em contato por WhatsApp para repassar informações sobre sua conta, movimentações realizadas e nunca solicita sua senha quando liga ou envia mensagens para você.

 

Os cartões de débito e crédito emitidos pelo Itaú possuem chip para evitar que sejam clonados. Confira as dicas abaixo para garantir ainda mais segurança aos seus cartões!

Alô, quem é?  

O Itaú nunca liga para o cliente solicitando:  - que vá até um caixa eletrônico para desbloquear dispositivos de segurança;

- Informar dados pessoais, senhas e iToken para agendar a entrega de um cartão;

- O agendamento de retirada de cartão por motoboy, portadores ou terceiros;

- Que o cartão seja enviado ou devolvido ao banco, mesmo em caso de substituição por outro cartão.

O cartão é meu

Os cartões magnéticos do Itaú são pessoais e intransferíveis. Por isso, nunca empreste seu cartão para outras pessoas, nem permita que alguém o examine. Mesmo que seu cartão tenha chip, é possível realizar compras pela internet usando informações como número, nome, validade e código de segurança. Certifique-se também de que seu cartão esteja assinado no verso.

Fatura segura

 -  As faturas do cartão de crédito Itaú possuem a numeração do código de barras idêntica todo mês: ela sempre se inicia com 3419175. Se notar rasuras ou adulteração nessa numeração, não efetue o pagamento e entre em contato com o banco.

 - Se você optou por receber a fatura em sua residência e verificar que não está recebendo, entre em contato com o banco.

Compra online protegida  

Com o cartão virtual você faz compras online seguras e com total comodidade, pois não precisa estar com seu cartão em mãos. Além disso, ele evita que os dados de seu cartão sejam expostos na internet.

Clique aqui e saiba mais sobre o cartão virtual.

Senha segura

Não permita que ninguém veja a senha digitada no momento de fazer uma compra. E procure evitar senhas óbvias, como data de nascimento, placa do carro ou números sequenciais. Jamais guarde-a junto com o cartão e troque-a periodicamente.

Perdi, e agora?

Quando seu cartão for perdido, furtado ou roubado, comunique imediatamente o seu gerente ou as centrais de atendimento do banco. E registre a ocorrência na delegacia mais próxima.

Valor correto

Solicite sempre sua via do comprovante de compra e confira o valor declarado na máquina ou no papel antes de colocar a senha do cartão ou assiná-lo.

Cartões resguardados

Evite andar com vários cartões na carteira. Guarde em local seguro aqueles que não for utilizar no dia. Em viagens, por exemplo, você pode deixar no cofre do hotel. Lembre-se de comunicar o banco quando for ao exterior, para evitar que compras fora do seu perfil sejam bloqueadas.

Compra online sem erro

Nas compras pela internet, nunca passe o número de seu cartão para empresas desconhecidas. Prefira comprar em lojas virtuais de confiança e que ofereçam um bom sistema de segurança. Veja como fazer uma compra online segura (https://www.itau.com.br/seguranca/fique-atento-online/compra-online-segura/).

Nada por e-mail

Fique atento a e-mails e mensagens solicitando o número do seu cartão. O Itaú nunca entra em contato ou envia e-mail solicitando esse tipo de informação.

Não recebeu? Fale com o banco

Caso você solicite um cartão e não o receba dentro de dez dias, comunique imediatamente o banco. Ele pode ter sido extraviado.

Em tempo real

Você pode se cadastrar no site do banco para receber, no celular, avisos sobre as compras feitas no seu cartão de crédito na hora em que são efetuadas. Essa ferramenta ajuda a identificar com rapidez possíveis tentativas de fraude.

Descarte certo

Ao jogar fora um cartão antigo, destrua o chip e a tarja magnética (ex. corte-o desde o chip até a tarja com uma tesoura). Isso garante que ele não seja utilizado indevidamente.

Você pode fazer pagamentos, transferências e consultas a saldos pelo Itaú no telefone. Tudo isso de forma muito segura, uma vez que o acesso só é feito depois que você confirma os números da sua agência, conta e senha eletrônica. Em alguns casos, o iToken também é pedido. Fique atento a outros detalhes!

Aqui (não) é do Itaú

O Itaú nunca telefona para você e no meio da conversa pede as senhas e códigos do iToken.

Qual a sua senha?

Os funcionários do Itaú são autorizados a solicitar que você informe sua senha somente quando você realiza a ligação para entrar em contato com o banco. Em outras circunstâncias, não informe a senha em hipótese alguma.

Quer meu celular emprestado?

Não utilize aparelhos de outras pessoas, principalmente de desconhecidos, para ligar para o Itaú, para movimentações em sua conta ou realizar compras na internet, pois seus dados podem ficar armazenados e serem utilizados por terceiros.  Não permita que vejam a sua senha quando for digitá-la ao telefone.

Golpe da central falsa

Como acontece

O fraudador liga para o cliente e fala sobre algum problema que, para resolver, é preciso ligar na central de atendimento. Ele pode alegar várias situações como, por exemplo, compras feitas em nome do cliente.

 

O fraudador diz para o cliente que foram realizadas compras de alto valor no cartão dele e pede para confirmar.

Como as compras foram inventadas, o cliente responde que não as fez e o fraudador informa que é provável que se trata de uma fraude e orienta-o a ligar na central de atendimento para regularizar a situação.

Em seguida, o fraudador finaliza a ligação, fingindo ter desligado, porém permanece na linha. O cliente então imediatamente disca para central de atendimento, sem perceber que o fraudador continua na linha.

Após o cliente discar, o fraudador simula o atendimento da central de atendimento do banco, com música, mensagens e menu da URA muito parecidos com a central real. O cliente, durante o suposto atendimento, acreditando que está em contato legítimo com o banco, confirma dados do cartão, pessoais e informa senha e código iToken para fraudador.

Proteja-se

Ao suspeitar de algo numa ligação em nome do banco, desligue imediatamente e entre em contato para a nossa central a partir de outro telefone, de preferência de celular. Ligue para o número impresso atrás do cartão.

Não confirme nenhuma informação solicitada por alguém que entrou em contato alegando ser do banco. Se for solicitado seus dados, peça o número de telefone e diga que retornará a ligação em outro momento. Muitas vezes, os fraudadores dizem que não possuem telefone de retorno ou desligam a ligação. Se informarem algum número, confirme (no site, por exemplo) se o número realmente é da empresa que foi mencionada.

O Itaú tem milhares de agências e de caixas eletrônicos no Brasil inteiro, para sua comodidade. Eles possuem um sistema eficiente que garante que tudo ocorra com segurança enquanto você faz as suas transações. Mas alguns cuidados extras na hora de utilizá-los são importantes para evitar fraudes.

Obrigado, mas não

Dentro das agências, os funcionários do Itaú estão devidamente identificados e presentes em horário comercial. Se tiver alguma dúvida ou problema, procure por um deles. Não aceite ajuda de estranhos.

 Cartão seguro

Para que um fraudador consiga acessar a sua conta pelo caixa eletrônico, ele precisa do seu cartão e da sua senha. Em geral, ele consegue isso de duas formas: trocando seu cartão por outro no momento em que ele lhe oferece ajuda, ou esbarrando em você propositalmente para que deixe o seu cartão cair e ele consiga rapidamente trocá-lo por outro. Não deixe isso acontecer, cuide bem do seu cartão e não empreste-o para ninguém!

Campo de visão

Mantenha seu corpo perto do equipamento para que ninguém veja o que está digitando.

Bem bolada

Embora o teclado virtual dos caixas dificulte a obtenção da sua senha, se ela tiver datas de aniversários, números repetidos ou fáceis de descobrir, poderá ser deduzida pelo fraudador. Evite escolher senhas fáceis.

Encerramento da sessão

Não volte caso peçam para você retornar ao caixa eletrônico dizendo que não encerrou a sessão. Pode ser uma tentativa de golpe. Nesse momento, o fraudador pode pedir a você que insira novamente sua senha no teclado físico ou mesmo em uma tela aberta por ele, onde a senha aparece em texto claro, em vez de asteriscos. E assim ele consegue o acesso à sua conta! Para evitar essa cilada, ao terminar de fazer suas operações, lembre-se sempre de apertar a tecla "Sair".

Acompanhe seu extrato

Em caso de suspeita de irregularidades no seu saldo ou em transações efetuadas, troque suas senhas e peça orientação ao seu gerente. Dica: No seu internet banking, você pode habilitar a opção de receber alertas sempre que realizar uma operação com seu cartão.

Caixa protegido

Prefira usar caixas eletrônicos localizados em nossas agências ou em ambientes fechados de grande movimento, como supermercados e shoppings centers.

O golpe da saidinha: outra cilada. Não caia nessa

Quando for fazer uma retirada de dinheiro em caixas eletrônicos ou agências, fique atento às pessoas que estão próximas. O mesmo vale para depósitos de grandes quantias.

- Retire valores em dinheiro apenas quando for extremamente necessário. Se tiver dúvidas quanto a melhor maneira de realizar a retirada de valores mais altos, consulte um funcionário dentro da agência, devidamente identificado.

- Evite pagar suas contas com dinheiro em espécie. Procure realizar pagamentos pelo site ou aplicativo do Itaú, pelo nosso atendimento telefônico ou diretamente nos caixas eletrônicos.

- Os fraudadores costumam observar os clientes dentro das agências para identificar aqueles que efetuam retiradas elevadas nos guichês ou caixas eletrônicos internos. Ao sair da agência, você pode ser seguido e abordado por um deles, exigindo a entrega do dinheiro. Algumas vezes, eles chegam até mesmo a citar o valor e o local onde você guardou o dinheiro (como num envelope ou no bolso). Esse tipo de abordagem é conhecida como golpe da saidinha. 

 

Entrar na conta corrente pela internet ou pelos aplicativos do Itaú é fácil e rápido! Nos dois canais, você consegue realizar suas transações de maneira segura a qualquer hora e de qualquer lugar.

Todos os dados que você digita são altamente resguardados. Para aumentar ainda mais sua proteção, leia com atenção as observações a seguir e torne hábito algumas práticas. Fique seguro!

Cuidado com ofertas, cobranças e outros e-mails estranhos

- Desconfie quando receber mensagens oferecendo atualização de antivírus, consultas do SPC e Serasa, alerta de dívidas, notícias de sites nos quais nunca se cadastrou e que, geralmente, trazem boatos ou promoções imperdíveis.

- Fique atento também a e-mails em nome do Itaú solicitando atualização ou sincronização de iToken, do Guardião 30 Horas ou do app. O Itaú nunca solicita nem envia e-mails pedindo isso.

Esse tipo de e-mail costuma ser usado como isca para instalar programas maliciosos no seu computador, que roubam seus dados ou te levam a um site ou página falsa do banco.

Atualização de dados por e-mail? Isso é cilada!

- O Itaú não envia mensagens por e-mail, WhatsApp e SMS pedindo para você atualizar o seu cadastro. E também não diz que a sua conta será cancelada se você não clicar no link para fazer a atualização. Se receber algo assim, não abra. Link que pede seus dados e senha é cilada.

- O banco nunca pede sua senha ou código do iToken quando entra em contato com você, somente o contrário. Se receber algo assim em alguma mensagem, não clique no link.

 

Certifique-se de estar usando um dispositivo seguro

(1) Não faça compras ou movimentações em sua conta de computadores, celulares, tablets ou de qualquer outro dispositivo de desconhecidos ou que seja público, como em lan houses, cyber cafés, hotéis etc.

(2) Mantenha seu antivírus atualizado e ativo, tanto no seu computador, quanto em celulares e tablets, e procure fazer varreduras periodicamente, para garantir que a proteção do seu dispositivo.

(3) Na hora de realizar movimentações na conta, dê preferência aos apps versão mobile ou computador.

(4) Se você prefere acessar a sua conta pelo site do Itaú, acesse o site digitando o endereço www.itau.com.br na barra do seu navegador. Não clique em links para acessar o site.

(5) Caso esteja entrando na sua conta a partir de um computador, confira se o seu nome aparece corretamente na tela. Do contrário, interrompa a operação e acione o S.O.S Internet pela central de atendimento.

(6) Para deixar o site do Itaú ou app, sempre clique em "sair" para se desconectar e aguarde aparecer na tela a informação de que a sessão foi realmente encerrada.

Informações por e-mail e SMS

Um banco precisa manter um bom relacionamento com seus clientes. Isso implica comunicá-los sobre todas as informações sobre a conta corrente e a assuntos bancários relacionados. Nos dias de hoje, esse relacionamento também acontece por e-mail e SMS.

No entanto, através de qualquer canal nenhum tipo de dado ou senha é solicitado quando entramos em contato e sua privacidade é mantida sempre.

Você também pode acompanhar sua conta e ter informações atualizadas sobre ela através de avisos por SMS. Esse é um serviço que ajuda a aumentar sua segurança e auxiliar no controle de suas operações. Ao se cadastrar, você passará a receber informações sempre nos dias e horários escolhidos por você.

Conheça algumas das informações enviadas:

•              Saldo de conta corrente

•              Saque e compra com cartão de débito

•              Pagamentos online

•              Transferências, DOC e TED

•              Confirmações de agendamentos

•              Investimentos e Poupança

•              Saldo de Conta Poupança

•              Limite disponível no cartão de crédito

•              Total da fatura de seu cartão

•              Boletos das parcelas mensais de renegociação

•              Boletos de campanha com ofertas de renegociação

Para você aderir a esse serviço ou conferir a sua adesão (com exceção aos itens referentes a boletos de renegociação), acesse o Internet 30 horas em Produtos e Serviços > Comunicação Digital Itaú.

Golpe do Falso Funcionário/Gerente ou do Estorno

O fraudador pode entrar em contato se passando pelo gerente de conta ou por um funcionário de alguma área do banco, como por exemplo área de segurança, suporte ou de tecnologia. Neste golpe o fraudador solicita para o próprio cliente fazer movimentações em sua conta, utilizando vários argumentos, como:

- Diz que houve um credito indevido na conta dele e que ele precisa devolver para a conta correta. O cliente acredita que é do banco e faz as transferências para a conta informada pelo fraudador.

- Informa que a conta está bloqueada ou o iToken bloqueado, e que para desbloquear o cliente precisa fazer transações “testes” que serão estornadas em até 24h, onde o cliente acredita que é o banco e realiza as transações achando que com isso sua conta ou iToken será desbloqueado.

- Informando que o cliente foi escolhido para migrar de segmento de conta, mas que para completar a migração o cliente precisa transferir o valor que está em sua poupança para a conta informada.

- Fraudador diz que a conta do cliente foi hackeada, e que para preservar os valores da conta dele o cliente precisa transferir valores para as contas informadas que são “seguras”, para evitar o prejuízo financeiro ao cliente.

- Alegando que há um problema e acesso em sua conta e solicita informações do cliente e para resolver o problema.

- Diz que é preciso ir o caixa eletrônico para liberar o iToken e quando chegar lá deverá fazer chamada de vídeo com o gerente para passar o QR Code.

Importante: O Itaú não liga pedindo para você realizar movimentações em sua conta e não pede a sua senha, código iToken nem QRCode.

Como acontece

As redes sociais facilitam a atuação de golpistas, pois eles buscam informações publicadas nas redes para investigar sobre a vítima, seus hábitos e rotina, familiares e amigos.

Os golpistas utilizam essas informações para planejarem roubos, sequestros, fazerem chantagens, ameaças, etc.

Proteja-se

- Não adicione ou aceite amizades de pessoas que você não conhece

- Configure a privacidade de suas redes sociais restringindo quem pode ter acesso as suas publicações;

- Sempre que disponível, ative a opção de segurança “duplo fator de autenticação”;

- Não publique endereço ou informações sobre a residência, trabalho, escola, academia, dentre outros locais que você e seus familiares costumam ir;

- Não compartilhe telefones pessoais e profissionais;

- Evite publicar imagens que ostentem bens materiais (carros, propriedades, joias, etc).

termos de uso e política de privacidade

O Itaú disponibiliza condições para utilização dos sites e aplicativos.

termos de uso

acesse os termos

Aqui você está seguro!

O Sistema de Gestão da Privacidade Online do Itaú Unibanco recebeu a certificação ISO 27001, que é referência internacional em segurança da informação. A Auditoria foi realizada pela Fundação Vanzolini e foi concedida depois de uma avaliação da norma e procedimentos da Gestão da Segurança da Informação na captação de dados pessoais cadastrados nos servidores internet do Banco Itaú Unibanco S.A., através das páginas componentes do site www.itau.com.br. Isso reforça o compromisso do banco com a segurança e a privacidade de todos os clientes e não clientes que utilizam o site Itaú.