clientes Itaú Empresas conversando sobre as estratégias de câmbio, dentro de uma fábrica

o que é o Adiantamento sobre Contrato de Câmbio de Exportação?

O Adiantamento sobre Contratos de Câmbio é a antecipação de recebíveis sobre exportações futuras da sua empresa. Existem dois tipos de antecipação, uma na fase de pré-embarque (ACC) e outra na fase de pós-embarque (ACE) da sua exportação. Sujeito à análise de crédito.

confira as principais informações do Adiantamento sobre Contratos de Câmbio

Juros: deságio sobre o valor do contrato de câmbio de exportação.

Moedas: USD, EUR, AUD, CAD, CHF, DKK, GBP, JPY, NOK, SEK.

Formas de pagamento:
        - Juros: débito em conta-corrente local.
        - Principal: cliente solicita ao importador estrangeiro que credite a moeda estrangeira na conta câmbio do Itaú.

Garantias: conforme aprovação de crédito.

• IOF/Câmbio: alíquota zero

• IOF/Crédito: alíquota zero

• IR: não se aplica

• Valor:
        - Mínimo: não há.
        - Máximo: conforme aprovação de crédito, limitado a 100% do valor da exportação.

• Prazo:
        - Mínimo: não há.
        - Máximo: conforme aprovação de crédito em até 1500 dias.

É importante saber:

Podem ser exigidos documentos adicionais para comprovação da exportação inclusive para aplicação da tributação acima descrita.

Para o Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC), a exportação é feita na fase pré-embarque e deve ser comprovada documentalmente no ato do embarque da mercadoria, informando ao importador o canal bancário do Itaú no exterior para recebimento da exportação.

Para o Adiantamento de Cambiais Entregues (ACE), a operação é feita na fase pós-embarque e a exportação deve ser comprovada documentalmente no momento da contratação.

Em qualquer dos casos, se o cliente não conseguir comprovar a exportação, a operação será descaracterizada e haverá incidência de tributos e encargos.