Sem sugestões de pesquisa. Aperte TAB para acessar os mais buscados

mãos de um homem sobre o teclado de um computador

experiência digital acessível

Buscando proporcionar a melhor experiência digital, nós do Itaú Unibanco nos esforçamos continuamente em atender as necessidades de cada cliente, tornando nossos canais mais abrangentes e acessíveis para todos.

nosso compromisso

Como parte desse compromisso, desenvolvemos nossas soluções seguindo as diretrizes de acessibilidade para web e mobile normatizada pela WCAG (Web Content Accessibility Guidelines). Dessa forma, pessoas com deficiência sensoriais ou físicas poderão usufruir de nossos canais com autonomia e segurança.

colaboradores em reuniao de equipe

o que estamos fazendo?

Desde 2016, contamos com uma equipe dedicada para atender os 4 princípios da WCAG 2.1 (perceptível, operável, compreensível e robusto). Esses princípios norteiam as metodologias de testes que garantem os níveis de conformidade A e AA da norma em nossas soluções.

Ainda que a Acessibilidade esteja na concepção de todos os nossos projetos desde 2016, sabemos que ainda temos um longo caminho a percorrer. Por isso, convidamos você a nos ajudar nessa jornada e juntos conseguiremos tornar o Itaú um banco de todos e para todos! 

mais informações sobre o tema

Lei Brasileira de Inclusão, de 2015.

Decreto n. 5.296, de 02 de dezembro de 2004.

Decreto n. 6.949, de 25 de agosto de 2009 – Promulga a Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e seu Protocolo Facultativo, assinados em Nova York, em 30 de março de 2007.

Decreto n. 7.724, de 16 de maio de 2012 – Regulamenta a Lei n. 12.527, que dispõe sobre o acesso a informações.

Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico.

Portaria n. 03, de 07 de maio de 2007 – Institucionaliza o Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico – e-MAG.

Dependendo do seu sistema operacional, existem ferramentas que te auxiliam:

Se você usa Windows, é comum a combinação entre o Google Chrome e o NVDA.

Se o utiliza um dispositivo iOS, uma das soluções é usar o Safari com o VoiceOver.

Caso você utilize Android, o Google Chrome e o Talkback são uma boa combinação.

E, ainda, há o ProDeaf que é uma ferramenta de tradução para Libras.

precisa de ajuda?

confira nossos canais de atendimento