Ir para menu Ir para conteúdo principal Ir para rodapé

Análises Econômicas | Brasil

Acompanhe os relatórios de Macro Brasil, Cenário e Macro visão

Macro Brasil

  • PMS | 12 de abril de 2024

    Para março, esperamos uma leve alta no setor, com destaque positivo para os serviços prestados às famílias.

  • Vendas no varejo | 11 de abril de 2024

    Acreditamos que o primeiro semestre de 2024 será mais forte do que previamente esperado, gerando um viés positivo para o PIB de 2024 (atualmente em +2,0%).

  • IPCA | 10 de abril de 2024

    O IPCA de março veio abaixo do esperado, com surpresa baixista no núcleo da inflação.

  • IDAT-Atividade

    Nosso Índice diário de atividade econômica

  • IDAT-Emprego e Salário | 8 de abril de 2024

    O IDAT-Emprego segue mostrando resiliência do emprego formal, corroborando nossa expectativa de que a taxa de desemprego permanecerá próxima de 7,8%.

  • A Semana em Revista | 5 de abril de 2024

    Produção industrial recua em fevereiro, puxada mais uma vez pelo resultado negativo do setor extrativo.

  • Política Mensal | 5 de abril de 2024

    Este novo relatório mensal busca discutir os eventos mais importantes para a conjuntura econômica que estão sendo avaliados nos poderes legislativo, executivo e judiciário federal

  • Fiscal | 5 de abril de 2024

    Arrecadação tem se mostrado mais forte no início de ano, mas riscos fiscais continuam elevados.

  • Balança comercial | 4 de abril de 2024

    A balança comercial começou o ano de 2024 em ritmo forte, e esperamos que este ritmo se mantenha à frente, com a melhora estrutural da balança comercial brasileira.

  • Fluxo cambial | 4 de abril de 2024

    O fluxo cambial começou o ano com desempenho positivo, ainda que com a parte do fluxo financeiro no negativo.

  • Setor Externo | 4 de abril de 2024

    Esperamos que a dinâmica das contas externas continue em trajetória favorável ao longo deste ano.

  • Crédito | 4 de abril de 2024

    Em fevereiro, a taxa de inadimplência do sistema, com ajuste sazonal, ficou praticamente estável em 3,3%.

  • A Semana em Revista | 28 de março de 2024

    O IPCA-15 de março veio acima do esperado, com aceleração do núcleo de serviços.

  • PNADC | 28 de março de 2024

    A divulgação de hoje corrobora a nossa visão de um mercado de trabalho apertado, com queda do desemprego.

  • Relatório Trimestral de Inflação | Março 2024

    Ao nosso ver, as projeções são consistentes com nossa expectativa de que a taxa Selic deve encerrar o ciclo em 9,25%.

  • Ata do COPOM | 26 de março de 2024

    Mantemos nossa visão de uma taxa terminal de 9,25% a.a., embora também de forma dependente dos dados.

  • IPCA-15 | 26 de março de 2024

    O IPCA-15 de março veio acima do esperado, com surpresa altista em serviços subjacentes.

  • A Semana em Revista | 22 de março de 2024

    Semana marcada por diversas decisões de política monetária; mundo sai da era dos juros negativos

  • COPOM | 20 de março de 2024

    O comitê optou por encurtar a sua prescrição futura em meio a mais incertezas, sinalizando outro movimento de 50 p.b. na sua próxima reunião, no singular.

  • A Semana em Revista | 15 de março de 2024

    IPCA sobe 0,83% em fevereiro, com aceleração do núcleo da inflação.

  • Cockpit do Copom | 15 de março de 2024

    Esperamos um corte de 50 p.b. da taxa Selic, com as autoridades afirmando que, neste momento, anteveem reduções de mesma magnitude nas próximas reuniões.

  • PMS | 15 de março

    Os números do setor de serviços somados aos dados de varejo divulgados ontem corroboram a visão de PIB forte no 1T24.

  • Vendas no varejo | 14 de março de 2024

    Em linha com os dados mais fortes do mercado de trabalho para o mês, o resultado de hoje põe viés positivo para o nosso PIB do 1T24.

  • IDAT-Emprego e Salário | 13 de março de 2024

    O IDAT-Emprego de fevereiro segue mostrando resiliência do emprego formal, corroborando nossa expectativa de que a taxa de desemprego permanecerá próxima de 7,8%.

  • Relatório de fevereiro do IDAT-Atividade

    Nossas estimativas preliminares de fevereiro sugerem recuo de 0,2% m/m, com ajuste sazonal, nos serviços oferecidos às famílias.

  • IPCA | 12 de março de 2024

    O qualitativo dessa divulgação foi melhor do que o esperado, com surpresa baixista em industriais subjacentes e serviços subjacentes.

  • Crédito | 8 de março de 2024

    Houve alta de 2,6% para a concessão livre à pessoa física e queda de 3,1% para pessoa jurídica.

  • Fluxo cambial | 7 de março de 2023

    O fluxo cambial registrou entrada robusta em 2023 e começou esse ano também com desempenho positivo, ainda que com a parte do fluxo financeiro no negativo.

Cenário Brasil

  • Cenário | Abril, 2024

    Revisamos nossa projeção de taxa Selic para 9,75% (de 9,25%) ao final do ano, com desaceleração do ritmo de cortes a partir de junho.

  • Orange Book - 40 | Março 2024

    2024 aparentou começar melhor do que o ano anterior, mas notamos posturas cautelosas com relação ao crescimento esperado e mudanças no sistema tributário à frente..

  • Cenário | Março, 2024

    A evolução do cenário internacional, bem como a pior dinâmica inflacionária doméstica devem limitar a queda de juros no Brasil.

  • Cenário | Fevereiro, 2024

    Mantemos nossa projeção de 1,8% para o crescimento do PIB 2024, mas com viés de alta.

  • Cenário | Janeiro, 2024

    10 temas que consideramos mais importantes para o cenário doméstico.

  • Cenário | Dezembro, 2023

    Passamos a esperar uma taxa Selic menor ao final do ciclo, em 9,00%, e um real mais apreciado em 2024, em 4,90/dólar.

  • Cenário | Novembro, 2023

    Reduzimos nossas projeções de inflação para 4,6% (de 4,9%) em 2023 e para 4,0% (de 4,1%) em 2024, mas desafios externos e incertezas domésticas (em particular, sobre o cenário de consolidação fiscal) devem dificultar uma aceleração do ritmo de cortes da taxa Selic à frente.

  • Cenário | Outubro, 2023

    Mantemos a nossa expectativa de taxa Selic em 11,50% ao final de 2023 e 9,00% em 2024, mas o cenário externo e a questão fiscal no ambiente doméstico serão cruciais para definir a magnitude e ritmo da flexibilização monetária adiante.

  • Cenário | Setembro, 2023

    Esperamos agora que a taxa Selic encerre 2023 em 11,50% a.a., e 9,00% em 2024.

  • Orange Book - 39 | Agosto 2023

    Dado o estágio contracionista do ciclo monetário, a economia até mostra bastante resiliência. Mas o crescimento será significativamente mais lento no segundo semestre.

  • Cenário | Agosto, 2023

    Revisamos nossa projeção para o crescimento do PIB em 2023 para 2,5% (de 2,3%). Acreditamos que o Copom continuará flexibilizando a taxa Selic a um ritmo de 0,50 p.p. por reunião este ano, para 11,75% ao final de 2023.

  • Cenário | Julho, 2023

    Esperamos que o Copom entregue um corte de 0,25 p.p. em agosto, seguido de cortes de 0,50 p.p. a partir de setembro.

  • Cenário | Junho, 2023

    Revisamos a projeção de PIB em 2023 de 1,4% para 2,3%, dado o 1T forte e a expectativa de que o consumo vai se manter sustentado pela renda.

  • Cenário | Maio, 2023

    Destaques: elevamos a projeção de crescimento para 1,4% (de 1,1%) em 2023, e reduzimos a projeção de câmbio para BRL 5,15/USD (de 5,30).

  • Cenário | Abril, 2023

    Novo arcabouço traz limite de gastos, e desafio passa a ser complementá-lo com recomposição de receitas

  • Cenário | Março, 2023

    Para reverter a piora nas expectativas de inflação, o compromisso com inflação baixa e disciplina fiscal deve ser reforçado

  • Cenário | Fevereiro, 2023

    Mantemos a projeção de Selic em 12,50% em 2023, mas enxergamos riscos altistas

  • Cenário | Janeiro, 2023

    Tal cenário, na ausência de ações corretivas, pode levar a um novo ciclo de crescimento baixo, inflação e juros altos

  • Cenário | Dezembro, 2022

    Uma alta relevante da trajetória da dívida pública pode levar a um novo ciclo de crescimento baixo, inflação e juros altos

  • Orange Book - 38 | Novembro 2022

    Juros altos: um remédio amargo

  • Cenário | Novembro, 2022

    A sustentabilidade fiscal seguirá sendo o principal desafio do próximo governo

  • Cenário | Outubro, 2022

    Reduzimos nossas projeções de inflação para 2022 e 2023

  • Cenário | Setembro, 2022

    Esperamos inflação menor em 2022 e maior crescimento do PIB em 2022 e 2023

  • Cenário | Agosto, 2022

    Melhoramos a estimativa de PIB 2022, com mais crescimento no 2T; esperamos que o Copom encerre o ciclo de aperto em 13,75%

  • Cenário | Julho, 2022

    Projeção de IPCA menor e de PIB maior para 2022, mas a sustentabilidade fiscal está voltando a ser um desafio relevante

  • Cenário | Junho, 2022

    Revisamos a projeção para o IPCA de 8,5% para 8,7%, em 2022, e de 4,2% para 5,6%, em 2023

  • Cenário | Maio, 2022

    Revisamos a projeção para o IPCA 2022, de 7,5% para 8,5%, em razão de maiores preços de administrados e livres

  • Cenário | Abril, 2022

    Revisamos a projeção do PIB de 22 de +0,2% para +1,0%, incorporando a melhora na projeção do 1T e a liberação do FGTS no 2T

  • Cenário | Março, 2022

    Principais impactos da guerra na Ucrânia serão via preços de commodities, com maior inflação, juros e crescimento em 2022

  • Cenário | Fevereiro, 2022

    Passamos a esperar que a taxa Selic encerre o ciclo atual em 12,50%

Macro Visão

  • A importância de domar as expectativas de inflação

    25/03/2024 | No caso de desvios frente à meta de inflação, não é apenas o nível da desancoragem que importa, mas também o tempo em que o descolamento persiste.

  • Sincronia entre vizinhos: surpresas de inflação

    27/02/2024 | Quando um país da região apresenta uma surpresa na divulgação do dado de inflação ao consumidor mensal, os demais tendem a mostrar um desvio na mesma direção.

  • Estimamos queda na margem de 0,1% do PIB no 4T23

    23/02/2024 | PIB 2023 deve fechar o ano com alta de 2,9%.

  • Guia para a política fiscal do Brasil em 2024

    19/02/2024 | Esse relatório é um guia para os principais eventos e debates fiscais de 2024.

  • Impactos econômicos da reforma tributária

    24/01/2024 | Impactos da reforma tributária Indiana: paralelo com a reforma brasileira

  • IDAT-Atividade: ajustando o escopo

    12/01/2024 | Estamos atualizando o IDAT Meios de Pagamento Ampliados para excluir os fluxos recebidos por empresas.

  • Estimamos queda de 0,2% do PIB no 3T23

    01/12/2023 | Destaque para a desaceleração do setor de serviços, que, de acordo com as nossas estimativas, deve registrar alta anual de 1,3% (ante 2,3% no 2T23).

  • IDAT-Atividade: expansão das bases

    29/11/2023 | Expandimos o escopo do IDAT-Atividade para incluir fluxos de outros meios de pagamento que passam pelo banco.

  • Inflação de serviços:Dessa vez pode ser diferente?

    10/10/2023 | O mercado de trabalho tem sinais de aquecimento, mas atenuantes conjunturais e estruturais tornam a avaliação da inflação de serviços desafiadora.

  • Reavaliando o nível das reservas internacionais

    05/09/2023 | Acreditamos que, caso a conjuntura global permita, as autoridades deveriam considerar a retomada de um programa de recomposição de reservas líquidas.

  • Estimamos crescimento de 0,3% do PIB no 2T23

    25/08/2023 | PIB 2T23 deve ter avançado 0,3%, impulsionado por serviços.

  • Passamos a esperar alta de 5,1% no IPCA em 2023

    15/08/2023 | Revisão altista na inflação do ano com aumento no preço de combustíveis.

  • Sem queimar a largada

    28/07/2023 | BCB deve iniciar o atual ciclo de redução de juros com cautela (isto é, com corte de 0,25 p.p., levando a taxa Selic de 13,75% para 13,50% a.a.).

  • El Niño: impacto principal deve ser sobre safras

    20/07/2023 | Com El Niño menos intenso do que 2015-16, efeito no PIB agro e inflação deve ser limitado.

  • Reforma tributária: 10 perguntas frequentes

    18/07/2023 | Importante reforma que traz efeitos positivos para a economia

  • Regime de meta de inflação contínua

    15/06/2023 | Esperamos que governo/CMN confirme meta em 3%, com 1.5 pp de intervalo de tolerância e mude a meta de ano calendário para contínua.

  • Estimamos crescimento de 1,4% do PIB no 1T23

    25/05/2023 | Agropecuária, mercado de trabalho resiliente e impulso fiscal sustentaram a atividade no 1T23.

  • Corte nos combustíveis reduz projeção de IPCA

    16/05/2023 | Revisão baixista na inflação do ano para 2023 de 6,0% para 5,8%.

  • Guia das medidas de arrecadação do governo

    16/05/2023 |Se medidas forem implementadas, percepção de risco fiscal pode diminuir.

  • Arcabouço fiscal: perguntas frequentes e sugestões

    09/05/2023 |Proposta fundamental está sendo debatida no Congresso

  • Regras fiscais: perguntas e princípio básicos

    07/03/2023 |Novo arcabouço será chave para reduzir percepção de risco fiscal

  • Estimamos estabilidade do PIB no 4T22

    28/02/2023 |Economia desacelerou no final de 2022

  • Meta mais alta, inflação mais alta

    31/01/2023 |Elevar a meta de inflação aumentaria a inflação e não reduziria a taxa de juros

  • Analytics, Big Data & Real Time Economics

    16/01/2023

  • Macro Insights – Haverá expansão fiscal em 2023?

    Valores acima de R$ 96 bilhões representam expansão fiscal significativa ano que vem

  • Projetamos crescimento do PIB de 2,8% em 2022

    Esperamos alta de 0,5% para o PIB do 3T22

  • Selic deve permanecer elevada por período longo

    Dinâmica esperada para a inflação e nível de ociosidade da economia não devem tornar possível um corte de juros no 1S23

  • Recuperação do mercado de trabalho

    Esperamos que o crescimento da População Ocupada perca força ao longo dos próximos meses

  • Analytics, Big Data & Real Time Economics

    19/09/2022

  • Algoritmo para leitura de atas de BCs

    Algoritmo para leitura de atas indica fim do ciclo do BCB

Histórico - Macro Brasil

Histórico - Macro Visão