Sobre o Itaú



Memória

02/12/2016

Um banco com nove décadas de muita história

Uma empresa do tamanho do Itaú Unibanco tem muita coisa para contar. Ao longo de nossa trajetória, acompanhamos a evolução do país e as histórias de inúmeros colaboradores e clientes. Uma das nossas maiores riquezas, portanto, é a nossa memória.

O primeiro nasceu mineiro de Poços de Caldas. No dia 27 de setembro de 1924, a Casa Moreira Salles, fundada por João Moreira Salles – e que vendia de tudo: louças, roupas, sapatos, bebidas -, recebeu do governo federal a carta patente que lhe permitia funcionar como seção bancária, ou seja, correspondente de bancos importantes do estado.
 

O segundo chegou vinte anos depois, pelas mãos do industrial do ramo têxtil Alfredo Egydio de Souza Aranha e seu sócio, Aloysio Ramalho Foz. Com o nome de Banco Central de Crédito S.A., instalou sua primeira agência no centro da capital paulista.
 

Com o passar dos anos, João Moreira Salles foi passando a administração da Casa Moreira Salles para seu filho Walther, que a assumiu por completo em 1933, quando ainda era um estudante de direito. Em 1959, Alfredo Egydio transferiu a gestão de seu banco para o sobrinho Olavo Setubal, e para o genro, Eudoro Villela. Juntos, os dois aceleraram o ciclo de transformações na instituição.
 

Nos anos 1960, a Casa Moreira Salles viria a se tornar Unibanco, e o Banco Central de Crédito passou a se chamar Itaú. Em 2008, dois dos mais importantes e populares bancos do Brasil se uniram, numa operação que representou uma das maiores fusões da história brasileira. Naquele histórico 4 de novembro, nasceu também um dos maiores bancos do mundo e um gigante brasileiro.
 

As histórias do Itaú e do Unibanco têm como pontos comuns a preocupação com a ética e a transparência nos negócios, o respeito às leis e a valorização de seus colaboradores. Também são aspectos convergentes entre as duas organizações a busca pela satisfação dos clientes e o incentivo à cultura e à educação, preocupações que se materializaram no Instituto Moreira Salles, no Instituto Itaú Cultural e, na área social, na Fundação Itaú Social e no Instituto Unibanco.
 

Durante nove décadas de história, o Itaú Unibanco atravessou fronteiras, inaugurando sua atuação global e lançando bases em outros países da América Latina, e continua seguindo os princípios e os valores daqueles que lhe deram origem. Sempre de olho no futuro e com a preocupação de construir um mundo melhor.

Leia mais sobre nossos sonhos e objetivos em Quem Somos. Você também pode saber mais sobre a gente no link www.itauunibanco90anos.com.br . O site traz a versão digital do livro comemorativo que relembra cada momento da nossa história.

Leia mais

29/11/2016
Os tesouros que o Itaú Unibanco protege em seu centro de memória

O Espaço Memória do Itaú Unibanco preserva mais de 150 mil documentos, entre máquinas registradoras, troféus, objetos das agências bancárias, textos, capas de talões de cheque, cartões, fotos e material publicitário.

29/11/2016
Os tesouros que o Itaú Unibanco protege em seu centro de memória

O Espaço Memória do Itaú Unibanco preserva mais de 150 mil documentos, entre máquinas registradoras, troféus, objetos das agências bancárias, textos, capas de talões de cheque, cartões, fotos e material publicitário.

Veja mais