Proteja sua família



Todos os dias, estamos sujeitos a perigos que colocam nossa segurança em risco, o que devemos lembrar é que nosso comportamento é fundamental para evitá-los.

Com alguns cuidados, podemos proteger nossas informações, nossa casa, nosso carro, organizar uma viagem e saber o que fazer em situações de emergência.

Sua segurança depende da escolha certa de equipamentos e, principalmente, de mudanças de atitude. Confira algumas dicas para ter uma vida muito mais tranquila.

Fotografia de uma mãe com os seus dois filhos deitados em uma rede.

Um mosquito. 3 doenças. A mesma prevenção.

Você sabia que o Aedes Aegypti transmite 3 doenças diferentes? Ou que um único mosquito pode contaminar até 30 pessoas com Dengue, Febre Chikungunya ou Vírus Zika?

Todas essas doenças podem se desenvolver para quadros graves. E qualquer descuido ao armazenar água em ambientes domésticos contribui para que essa ameaça se torne presente no dia a dia.

Por isso, faça a sua parte no combate ao inseto. Veja abaixo algumas dicas importantes, lembrando que o ambiente ideal para a proliferação do mosquito deve ter sombra, água limpa e parada.

Dicas de combate ao Aedes Aegypti:

  • - Mantenha caixas d'água vedadas;
  • - Limpe as calhas frequentemente;
  • - Feche bem os baldes, galões, tonéis, poços e tambores;
  • - Guarde pneus sem água e em lugares cobertos;
  • - Mantenha piscinas e fontes tratadas;
  • - Deixe ralos limpos e com tela;
  • - Esvazie água das bandejas de geladeira;
  • - Coloque areia na borda dos vasos de planta e evite que acumulem água;
  • - Feche os vasos sanitários sem uso;
  • - Estique bem lonas e coberturas;
  • - Coloque garrafas vazias e baldes com a boca para baixo.

Para saber mais sobre as doenças, modo de transmissão, os cuidados e a forma de prevenção, acesse a página do Ministério da Saúde.

Faça a sua parte no combate ao mosquito Aedes Aegypti!

Como proteger seus documentos

Com apenas quatro cuidados simples, você deixa de expor seus dados e evita problemas futuros:

- Organize seus documentos em pastas de acordo com sua função.

- Quando sair de casa, prefira andar com cópias autenticadas.

- Caso não seja possível sair apenas com cópias, leve apenas os documentos necessários.

- Evite sair de casa sem nenhum tipo de identificação pessoal.

Roubo de identidade

O roubo de identidade acontece quando alguém usa sem sua permissão informações ou dados pessoais para cometer crimes ou fraudes. Ele está ligado a diversos golpes online e é resultado de práticas como phishing, spywares e malwares.

É fundamental manter suas informações pessoais seguras. Caso um problema aconteça, quanto mais rápido você tomar providências, menores serão os riscos.

A primeira coisa a ser feita é registrar um boletim de ocorrência. Ele ajudará você a provar sua inocência e sanar os problemas. Caso descubra contas que não abriu ou débitos em sua conta que não possa explicar, entre em contato com seu banco e procure as medidas legais necessárias.

Cuidados gerais

A segurança da sua casa começa com cuidados simples e mudança de alguns comportamentos. Ficando atento a isso, você diminui as chances de acidentes, assaltos e problemas possíveis de serem evitados.

- Não deixe portas abertas nem mesmo por um instante.

- Sempre que possível verifique se em sua casa não existem fios desencapados ou ligações elétricas malfeitas.

- Não utilize embalagens de refrigerante ou outros produtos alimentícios para guardar produtos de limpeza, substâncias tóxicas ou inflamáveis.

- Cuidado com quedas e escorregões em sua casa. Tenha maior cuidado quando o piso estiver molhado. Evite acidentes por quedas e tropeços.

- Em emergências, prefira escadas em vez do elevador.

Residência

Antes de entrar ou sair de casa, verifique a presença de pessoas estranhas. Na dúvida, avise seus familiares e ligue para o 190. 

Chegue por locais e horários diferentes e tenha a chave de sua casa à mão antes de chegar à porta.

Confira outras dicas:

- Isole as dependências externas, trancando as portas intermediárias.

- Fique atento à presença de estranhos no quintal nas primeiras horas da manhã, de forma que possam rendê-lo para alcançar o interior da casa. Mantenha seu dormitório isolado do restante da casa.

- Não admita a entrada de estranhos em sua casa.

- Desconfie de serviços que você não solicitou ou consertos e checagem de problemas que você não observou.

- Examine as credenciais de qualquer funcionário e confirme todos os dados por telefone com a respectiva empresa. Alerte seus familiares e vizinhos.

- Não abra a porta para entrega de encomendas não esperadas (presentes, flores, malas diretas, etc.). Se decidir atender, avise pelo telefone um vizinho e peça que ele fique atento. Havendo outras pessoas na casa, uma delas devidamente resguardada deve permanecer alerta vigiando o atendimento.

- Não guarde valores em dinheiro em casa.

- Se preferir usar cofres, guarde sigilo quanto à existência e localização. Sempre que possível instale mais de um, mantendo um deles fora de seus aposentos particulares.

- Somente contrate funcionários com referências que possam ser confirmadas por pessoas de sua confiança. Faça uma verificação completa (endereço, referências profissionais anteriores, etc.).

- Não contrate ou forneça armas de fogo a vigias sem habilitação técnica. Eles são facilmente rendidos.

- Não tenha armas de fogo em sua casa se você não tiver treinamento específico. Isso pode representar um risco ainda maior.

- Mantenha os telefones de emergência fixados em um local de fácil acesso na casa.

- Instale e teste periodicamente alarmes sonoros e/ou luminosos para sua melhor segurança e também para que seus vizinhos reconheçam com facilidade e possam ajudar em caso de perigo.

- Cuidado com a instalação de exaustores e aparelhos de ar-condicionado, pois podem ser pontos vulneráveis em sua casa.

- Procure conhecer seus vizinhos e combinar medidas de auxílio mútuo, como sinais luminosos ou telefonemas. Uma participação comunitária ativa é imprescindível.

- Mantenha sempre à mão os telefones de emergência da Polícia e conheça a localização dos postos policiais de seu bairro.

- Instrua seus familiares e empregados sobre como proceder em caso de perigo ou de simples observação de suspeitos nas imediações.

- Tenha atenção especial em trancar portas e janelas quando você sair de sua casa, mesmo por pequenos intervalos.

- Instale dispositivos automáticos para luzes externas e internas, programe aparelhos eletrônicos para serem acionados, sempre procurando dar a impressão de que sua casa está ocupada.

- Não permita que as janelas e portas de sua casa possam ostentar sua qualidade de vida.

- Cuidado ao parar em frente a sua residência, especialmente quando for abrir o portão ou descarregar seu veículo após uma viagem. Certifique-se antes  que não há algum suspeito por perto.

- Estabeleça códigos de acesso à sua casa, para que se um dos moradores for surpreendido por assaltantes, possa avisar os outros que algo não está bem.

- Caso sua casa apresente aspecto de arrombamento, não entre. Avise seus familiares e chame a Polícia.

- Caso se depare com uma situação de risco, mantenha-se calmo. Não discuta, não encare ou reaja. Procure agir com calma indicando cada movimento e, se possível, procure memorizar as características pessoais, trajes, linguajar, etc.

Chegando tarde em casa

- Caso alguém esteja deixando você em casa, peça para esperar até você entrar em segurança.

- Antes de parar o carro, observe se não existe algum suspeito próximo da sua casa.

- Certifique-se de que a entrada e as áreas externas de sua casa estão bem iluminadas.

- Chegue até a porta com as chaves em sua mão.

- Somente convide pessoas que você conheça muito bem para entrar em sua casa.

- Se algum estranho pedir para usar seu telefone para alguma emergência, indique a Delegacia de Polícia, o comércio ou o telefone público mais próximo.

- Não entre em elevadores com estranhos ou pessoas suspeitas. Caso necessário, diga que esqueceu a chave e retorne.

- Evite dormir com portas e janelas abertas.

- Cuidado no momento de abrir portões automáticos. Verifique se não existe algum suspeito próximo de sua residência.

Empregados

- Procure observar sempre o comportamento de seus empregados e fique atento caso alguma coisa não pareça normal.

- Somente contrate funcionários com referências de amigos ou pessoas que você conhece e confia.

- Não entregue todas as chaves aos seus funcionários, somente as necessárias.

- Não informe senhas e códigos de segurança.

- Observe e fique atento ao desaparecimento de pequenos objetos.

- Não comente sobre bens ou valores com seus funcionários.

Idosos

Se você tem idosos em casa, sabe que eles precisam de cuidados e atenção especial. Para sua casa se tornar um ambiente seguro, você pode instalar barras de ferro em banheiros e escadas e colocar pisos antiderrapantes.

Evite também que eles saiam sozinhos para fazer compras ou pagamentos. Oriente-os a não usar joias e roupas que chamem a atenção e, principalmente, explique sobre os perigos de falar com estranhos.

Também os oriente a desligar o telefone ao receber ligações com vozes alteradas ou choro simulando sequestro de familiares, e a ficarem atentos à abordagem de pessoas oferecendo vantagens por meio de supostos bilhetes premiados.

Fique atento a mudanças de comportamento e de humor, início de depressão e aparecimento de lesões e hematomas em idosos que permaneçam sob cuidados de empregados ou enfermeiros. Eles podem estar sofrendo agressões.

Você ainda pode ajudar de outras formas:

- Incentive uma boa alimentação e exercícios físicos.

- Oriente sobre a necessidade de acompanhamento médico e consultas regulares ao oftalmologista.

- Seja solidário e ajude em escadas, conduções e filas.

- Não deixe que um idoso seja enganado. Caso presencie algo errado, avise a Polícia Militar.

Edifícios

Todas as normas de seguranças em prédios são decididas em assembleias com os condôminos. É importante que o prédio tenha um sistema de segurança que conte com iluminação em todas as entradas e acessos, câmeras de segurança em locais estratégicos e alarmes em centrais de monitoramento. Muros e grades devem ter altura suficiente para proteger a área interna.

Além disso, outros cuidados são importantes:

- O acesso de estranhos deve ser controlado e autorizado pelo morador. Caso seja uma entrega, deve haver uma área de recebimento que impeça a entrada do estranho no prédio.

- As entregas de encomendas, flores ou correspondências que não tenham sido solicitadas ou que não estejam sendo esperadas devem ser recusadas.

- Os funcionários, principalmente da portaria, devem ser alertados sobre as formas de abordagem suspeitas e estar preparados para tomar providências de emergência.

- A garagem e as entradas sociais e de serviço devem ser bem iluminadas.

- Guaritas e recepções devem ter vidros escurecidos ou espelhados e, se possível, ficar afastadas da rua, impedindo que um funcionário seja facilmente rendido.

- As portas devem ser sólidas e dotadas de olho mágico.

- O interfone deve funcionar bem, já que é fundamental para a comunicação em situações de emergência.

- A seleção de pessoal doméstico e do condomínio deve ser rigorosa, com pesquisa de antecedentes e fontes de referência.

- Nunca confie a seus funcionários todas as chaves de seu apartamento. Eles podem ser atacados e forçados a abrir as portas.

- Evite receber na portaria do prédio documentos bancários com números de aplicações financeiras e saldos bancários.

- Quando recepcionar pessoas que não conhece, faça nas áreas de uso comum do edifício, à vista dos funcionários da portaria.

- Ao chegar ou sair, esteja alerta para a presença de estranhos nas imediações de seu prédio. Caso seja surpreendido por assaltantes, procure manter a calma. Não os encare diretamente e nem discuta com eles.

- Quando realizar uma festa no salão do seu prédio, seja criterioso na hora de identificar seus convidados.

- Aos moradores do 1º e do 2º andar, recomenda-se um cuidado especial, protegendo as áreas de acesso.

- Procure ter à mão o telefone da Polícia.

Equipamentos e dispositivos

- Mantenha as áreas externas muito bem iluminadas.

- Portas e janelas devem ser resistentes e ter fechaduras e trancas confiáveis.

- Certifique-se sempre do bom funcionamento de portas e janelas.

- Instale olho mágico nas portas.

- Instale travas de segurança, trincos e cadeados nos pontos mais vulneráveis.

- Instale grades preferencialmente internas. E não se esqueça das portas e janelas dos fundos, geralmente pontos mais visados.

- Se você contratar serviços de vigilância particular, de sistemas de monitoramento ou de guarda-costas, verifique se a empresa é cadastrada na Polícia Federal.

- Isole o acesso ao sótão de sua casa, localizando-o em uma dependência que possa ficar trancada por fora à noite ou durante sua ausência.

- Periodicamente pode árvores e arbustos para manter a visão de dentro para fora livre e para que não sirvam de esconderijo.

- Evite que o interior de algum dos cômodos possa ser visto da rua. Utilize cortinas ou persianas.

- Instale equipamentos eletrônicos de segurança, como porteiros eletrônicos, alarmes, câmeras de vídeo, sistema de monitoramento remoto e sensores de presença, etc.

- Teste periodicamente seu sistema de segurança.

- Estabeleça códigos de segurança com vizinhos e parentes, como acender uma luz, alarme, etc.

Cruzamentos

- Nos semáforos, durante o dia, pare sempre com a primeira marcha engatada e fique alerta à aproximação de estranhos, mesmo que não pareçam suspeitos.

- Evite a primeira fila de veículos e as faixas das extremidades, especialmente da esquerda. Pare preferencialmente nas faixas centrais.

- Sempre mantenha distância mínima do veículo da frente (suficiente para poder identificar o contato do pneu traseiro com o solo) para evitar acidente e possibilitar sua saída em casos de emergência.

- Procure não deixar espaços para passagem ou circulação do lado esquerdo do seu veículo.

- Chegue ao cruzamento com atenção, identificando pessoas suspeitas e demonstrando estar atento.

- Verifique constantemente a presença de suspeitos ao redor de seu veículo, inclusive motociclistas.

- Evite a distração com celulares, rádios, etc.

- Cuidado com “vendedores” ou pedintes. Não compre ou doe nada em semáforos.

- Mantenha portas e vidros travados.

- Evite relógios, pulseiras e anéis que chamem muita atenção.

- Não deixe objetos (bolsa, valises) em locais visíveis do veículo, procure transportá-los no porta-malas.

- Circule com cópias de documentos, pouca quantia em dinheiro e o mínimo de talões de cheques e cartões de crédito.

- No período noturno, ajuste a velocidade de seu veículo nas áreas de cruzamentos, reduzindo a velocidade de forma que você não precise parar no cruzamento. Não cometa infração de trânsito passando no vermelho.

- Ter uma carteira ou bolsa “reserva” pode ser uma boa alternativa.

- Caso você seja vítima de um assalto, não reaja! É muito comum que a prática do roubo ou furto seja feita com pessoas fazendo a “cobertura” em locais estratégicos de quem anuncia o assalto (eles quase nunca estão sozinhos).

Estacionamento

- Ao estacionar, tranque o seu carro, mesmo que seja por alguns minutos ou que esteja na garagem de sua casa ou edifício.

- Estacione seu veículo em garagens ou estacionamentos credenciados, mesmo que por instantes, evite deixá-lo na rua.

- Procure estacionar sempre em condições de sair facilmente, caso surja algum problema.

- Ao sair de um estacionamento, verifique se você não está sendo seguido.

- Prefira aparelho de som com frente removível ou de bandeja. Ao estacionar, leve-o com você. Se não for possível, coloque-o embaixo do banco ou tranque-o no porta-malas.

- Se possível, tenha sempre um sistema de segurança (travas mecânicas de pedais e volante, interruptores elétricos e de combustível, alarme, etc.).

- Nunca deixe as chaves no contato de seu carro, mesmo que seja por alguns momentos.

- Nunca deixe seu veículo ligado com ocupantes em seu interior (especialmente crianças), mesmo que por pequenos momentos.

- Evite permanecer no interior de um carro estacionado na via pública. Essa é uma ótima oportunidade para você ser surpreendido.

- Se for obrigado a estacionar em via pública, procure fazê-lo em locais movimentados e bem iluminados. Guarde todos os objetos no porta-malas sempre que possível.

- Jamais confie a chave de seu carro aos chamados “tomadores de conta”, flanelinhas ou a eventuais lavadores de automóveis, ainda que os conheça de vista.

- Nunca pare ou estacione em locais mal iluminados, isolados, com pouca movimentação de pessoas ou com visibilidade prejudicada.

- Ao descer, certifique-se de que todas as portas estão efetivamente trancadas e não deixe vidros entreabertos.

- Estacione o mais próximo possível de seu destino.

- Se o seu carro, depois de ter ficado estacionado na via pública, apresentar um inexplicável defeito que impeça o motor de funcionar, desconfie de estranhos que se ofereçam para ajudá-lo. Pode tratar-se de uma armadilha. Chame o socorro de urgência de sua confiança.

- Não deixe roupas, caixas, sacolas, bolsas e outros objetos nos bancos de seu veículo. Guarde qualquer tipo de bagagem no porta-malas.

- Não deixe também bolsas, carteiras, documentos pessoais e do veículo.

- Cultive o hábito de “olhar” ao redor, antes de aproximar-se de seu carro estacionado ou mesmo antes de estacionar.

- No ato de estacionar, bem como no momento em que retornar para apanhar o carro, esteja atento para a presença de indivíduos suspeitos nas proximidades. Na dúvida, pare em outro local ou dê uma volta antes de entrar em seu carro. Essa é uma das formas mais frequentes de abordagem. Caso precise de ajuda, ligue para a Polícia.

- Verifique o interior antes de entrar. Um intruso pode estar atrás dos bancos.

- Caso você encontre alguém arrombando seu carro, mantenha a calma, procure identificar as características do indivíduo e ligue imediatamente para Polícia.

- Não ande com os documentos originais de seu veículo, use cópias autenticadas pelo departamento de trânsito.

- Prefira estacionamentos de sua confiança, com vigilância e seguro contra roubo. Ao entregar seu carro, procure identificar os manobristas e exija um comprovante em que constem as características e o número da placa do automóvel.

Andando na rua

- Mantenha sempre sua atenção na rua, no metrô, no ônibus, em centros comerciais, etc.

- Tenha especial atenção às pessoas a sua volta. Lembre-se: os assaltantes valem-se principalmente do fator surpresa e da desatenção para atacarem suas vítimas.

- Demonstre sempre calma, confiança e domínio do que está fazendo e de onde quer chegar. Evite demonstrar que está perdido ou procurando por algum endereço ou local.

- Não peça orientações a estranhos. Procure bases da Polícia Militar ou estabelecimentos comerciais.

- Não ande sozinho, especialmente durante a noite.

- Após o trabalho, escola ou festa, espere pela companhia de um amigo para saírem juntos.

- Evite passar por locais desertos e/ou pouco iluminados.

- Evite cortar caminho por becos, vielas, ruas desconhecidas, terrenos, construções, etc.

- Não pare para atender pedidos que despertem desconfiança. Confie em seus instintos.

- Evite locais com aglomerações de pessoas, pois esses locais facilitam a ação de batedores de carteira e oportunistas.

- Ao pressentir a aproximação de estranhos em atitude suspeita, entre no primeiro local habitado que encontrar e peça ajuda.

- Mantenha todos seus objetos pessoais, como carteiras, pochetes, celulares, sacolas e bolsas, à frente de seu corpo.

- Desconfie de esbarrões, empurrões ou cotoveladas.

- Não use local isolado para encontros amorosos, pois esse é um comportamento de risco.

- Desconfie de estranhos com conversa envolvente que tentem aproximação.

- Não aceite convites de pessoas que tenha acabado de conhecer na rua, em bares, casas de diversão noturna, etc.

- Evite utilizar joias (correntes, relógios, medalhas, braceletes, etc.) e roupas que chamem a atenção ou demonstrem serem de valor.

- Evite retirar sua carteira em público.

- Não carregue objetos de valor, grandes quantias em dinheiro ou cartões de crédito se não houver necessidade. Caso necessário, procure guardá-los de modo seguro e discreto e siga diretamente para seu destino.

- Evite manusear ou efetuar pagamentos com notas altas. Separe previamente o dinheiro necessário para pequenas despesas, como café, cigarro, condução, etc.

- Separe o dinheiro em bolsos diferentes.

- Procure caminhar no centro da calçada e contra o sentido do trânsito. É mais fácil perceber a aproximação de algum veículo suspeito. Se algum motorista o incomodar, mude de direção e ande em sentido contrário ao fluxo.

- Conheça o local onde você mora e trabalha. Certifique-se da localização de unidades da Polícia, Bombeiro, hospitais, telefones públicos, lojas 24 horas, etc.

- Caso você seja vítima de roubo, fique calmo, não faça movimentos bruscos. Evite gritar ou discutir, seu nervosismo poderá aumentar a tensão e provocar uma atitude mais agressiva em seu desfavor.

- Procure variar seus horários e fazer rotas diferentes para deslocar-se de casa ao trabalho ou escola.

- Não use bolsos traseiros para carregar carteira ou dinheiro.

- Fique atento quando parar no semáforo para pedestres.

- Computadores portáteis (notebooks, handhelds) devem ser transportados discretamente. Evite as típicas maletas para notebooks e esteja sempre atento. Seguro para este tipo de equipamento pode ser uma boa alternativa.

- Cuidado ao atender seu celular nas ruas e grandes centros comerciais. Verifique antes se não há ninguém ao seu lado.

- Se você notar que está sendo seguido, aja com naturalidade, entre em qualquer lugar público e ligue para a Polícia Militar – 190.

- Não deixe de comunicar a presença de elementos suspeitos nas proximidades de sua casa.

- Ao retornar, notando algum sinal estranho (porta aberta, luzes acesas, etc.) não entre em casa, chame a Polícia.

- Se você for beber, beba moderadamente, para não perder os reflexos e a vigilância.

No trânsito

- Avalie se o seu veículo não serve como um chamariz para roubos e sequestros.

- Antes de entrar ou sair de casa, verifique a presença de pessoas estranhas. Não pare, entre ou saia de casa. Avise seus familiares e chame a Polícia.

- Procure identificar em seu caminho a existência de postos policiais, estacionamento de viaturas e postos 24 horas, além de outros estabelecimentos comerciais que podem ajudar em uma situação de emergência.

- Habitue-se a dirigir com os vidros fechados e portas travadas, principalmente durante as paradas.

- Evite o uso de joias (correntes, relógios, anéis, braceletes, etc.) quando estiver dirigindo.

- Evite transitar com objetos no veículo que despertem atenção, como óculos de sol, jaquetas, relógio, toca-CDs, presentes, etc. Caso seja necessário o transporte, deixe objetos trancados no porta-malas.

- Os toca-CDs são os acessórios mais visados pelos ladrões. Instale o seu com bandeja removível e leve-o consigo quando deixar seu carro na rua e, se não puder fazê-lo, oculte-o sob um dos bancos ou tranque-o no porta-malas.

- Equipe seu automóvel com dispositivos de segurança, como trava mecânica de pedais e volante, interruptores elétricos e de combustível, alarmes, etc.

- Nunca dê carona a estranhos ou pessoas que acabou de conhecer.

- Não pare para auxiliar outros motoristas em locais isolados, mal iluminados e/ou em horas avançadas da noite. Em casos de acidente, chame a Polícia.

- Se perceber estar sendo seguido, procure agir com naturalidade, evite áreas residenciais, áreas isoladas, vias de pouca circulação de veículos e mal iluminadas, e dirija até um posto policial ou comércio.

- Desconfie de pequenas batidas, especialmente caso você suspeite que tenham sido provocadas. Nesses casos não pare, principalmente à noite, e sinalize para que as demais pessoas envolvidas possam seguir você até o posto policial mais próximo.

- Não traga consigo os documentos originais de seu veículo. Utilize-se de cópias autenticadas pela repartição de trânsito.

- Procure ter em seu carro elementos (marcas internas) que permitam sua identificação. Geralmente após um roubo ou furto, as placas são removidas e ou substituídas.

- Evite colocar em seu veículo adesivos ou outros símbolos que possam identificar sua condição social e outras características pessoais, como adesivos de mergulho, condomínios ou academia de alto padrão, etc.

- Evite dirigir sozinho à noite, especialmente se for mulher. Caso seja necessário, estacione em locais bem iluminados e de grande circulação, como shoppings, supermercados, estacionamentos credenciados, etc.

- Mantenha seu veículo em bom estado de conservação.

- Sempre se certifique da existência de combustível suficiente para evitar ficar parado em locais arriscados.

- Caso tenha problemas com seu veículo, evite parar na rua. Pare preferencialmente em postos de gasolina, estacionamentos, oficinas ou postos da Polícia Militar.

- Caso alguém tente retirar seu veículo da via, procure manter a calma, acione ininterruptamente a buzina de seu veículo e dirija-se às vias de grande circulação, bem iluminadas, e aos postos policiais.

- Para sua maior segurança, utilize sempre o cinto de segurança.

- Mantenha-se sempre atento. Esse é um grande fator de proteção, pois assaltantes evitam se aproximar de pessoas atentas.

- Se o seu veículo for furtado ou roubado, não tente procurá-lo. Ligue para o 190 e forneça todas as informações possíveis, como características dos assaltantes, armas usadas no assalto, rumo tomado e características do seu veículo. Registre o furto ou o roubo na Delegacia de Polícia mais próxima. Não reaja.

- Se observar que o seu carro está sendo furtado, não intervenha sozinho. Normalmente, o ladrão age armado e pode ter um comparsa por perto.

- Em caso de assalto não reaja, sua vida não tem preço.

- Por último, lembre-se de que a rapidez no acionamento da Polícia Militar aumenta a possibilidade de recuperação de um veículo furtado.

Como evitar acidentes de trânsito

- Efetue revisões periódicas no seu veículo.

- Nunca dirija após ingestão de bebidas alcoólicas.

- Utilize cinto de segurança.

- Esteja sempre alerta.

- Mantenha a distância de segurança do veículo da frente.

- Adapte a velocidade às condições de segurança.

- Antecipe-se e sinalize todas as suas intenções.

- Evite freadas ou mudanças bruscas de direção.

- Não confie plenamente em semáforos ou na indicação de outros motoristas.

- Não revide provocações no trânsito, seja prudente!

Em caso de acidente sem vítimas, como agir: 

- Retire os veículos da via imediatamente ou sinalize o local.

- Registre a ocorrência o mais rápido possível, preferencialmente acompanhado da(s) outra(s) parte(s) envolvida(s), na companhia, batalhão ou base comunitária da Polícia Militar mais próxima do local, de seu trabalho ou de sua casa.

- Evite discussões. Anote nome, RG e CNH) e/ou marca/modelo,  (cor e placa) do veículo e registre a ocorrência. Não há a obrigatoriedade do comparecimento simultâneo de todos os envolvidos.

- Caso os veículos não se locomovam, ligue para o 190.

É importante observar:

- Registre todos os detalhes com relação ao acidente, como horário, local exato com referências, condições da via, sinalizações locais, etc.

- Procure identificar pessoas que tenham testemunhado o fato.

- Registre a ocorrência. Esse é o primeiro mecanismo legal para resolução do problema.

Em caso de acidente com vítimas, como agir: 

- Acione o socorro especializado 193, transmitindo local exato, tipo de acidente e o número de vítimas.

- Procure informar a condição visual em que as vítimas se encontram.

- Sinalize e isole o local com os meios disponíveis para evitar outros acidentes.

- Acione a Polícia Militar pelo 190.

- Procure acalmar a vítima e peça para que permaneça imóvel.

- Um transporte inadequado pode ocasionar uma lesão mais grave do que a vítima já tinha em decorrência do acidente.

- Não mexa ou transporte a vítima, exceto quando for necessário para a manutenção de sua vida e com equipamentos para sua imobilização.

Transporte público

- Mantenha sua atenção, não cochile ou se distraia com conversas ou leituras.

- Se você estiver sendo incomodado por alguém, mude de lugar.

- Fique atento com as pessoas que desembarcam com você. Caso suspeite de algo, dirija-se ao primeiro local habitado e peça ajuda.

- Desconfie de estranhos que tentem aproximação. Não aceite convites de pessoas que tenha acabado de conhecer.

- Dentro da condução coloque seus objetos pessoais (celulares, carteiras, etc.) assim como bolsas, pacotes ou sacolas na frente de seu corpo, especialmente quando estiver cheia.

- Evite usar joias ou objetos de valor.

- Evite ter objetos pendurados na roupa ou na cintura como celulares, Mp3 players, etc.

- Utilize roupas discretas.

- Evite colocar a carteira ou mesmo dinheiro nos bolsos de trás de sua calça.

- Desconfie de esbarrões, empurrões ou cotoveladas.

- Tenha à mão dinheiro separado, evite retirar sua carteira em público.

- Evite manusear ou efetuar pagamentos com notas altas.

- Cuidado com pessoas que insistem em segurar seus pacotes ou bolsas em momentos de superlotação.

- Evite parar próximo às portas e mantenha atenção ao entrar ou sair, pois esses são os locais e os momentos preferidos pelos batedores de carteira.

- Se acontecer um assalto, mantenha-se calmo. Não encare diretamente os assaltantes e nem tente dialogar com eles. Não reaja e avise imediatamente a Polícia Militar.

Ônibus

- Evite ficar sozinho em pontos de ônibus isolados, especialmente à noite.

- Preferencialmente utilize pontos iluminados, com grande movimento de pessoas, em frente a centros comerciais, universidades, etc.

- Em ônibus com poucos passageiros, sente-se próximo ao motorista.

- Evite ficar próximo à catraca.

- Fique atento à movimentação de pessoas dentro e fora do coletivo. Em caso de suspeitas, desça no próximo ponto e avise a Polícia Militar.

- Caso o coletivo que você ocupa seja vítima de roubo, mantenha-se calmo. Não encare diretamente os assaltantes, não tente dialogar ou interferir no roubo, não faça movimentos bruscos e não reaja: sua vida não tem preço.

Trens e Metrô

- Evite viajar em vagões vazios de metrô ou trem, principalmente durante a noite.

- Procure não entrar ou sair do metrô em estações com corredores ou passarelas muito extensas, em pontos isolados ou mal iluminados. Preferencialmente, utilize estações com acessos rápidos, curtos e bem iluminados.

- Antes de utilizar qualquer passarela, escadaria ou rampa de acesso, certifique-se de que não há ninguém parado ou que você esteja sendo seguido.

- Identificando alguém em atitude suspeita (parado sem motivo aparente, etc.) procure apoio das equipes de segurança ou chame a Polícia Militar.

Como carregar uma bolsa

- Não carregue uma bolsa que o transforme em um alvo.

- Uma bolsa apoiada em seu ombro apenas por uma alça lateral pode facilmente ser apanhada e furtada por alguém que venha de trás.

- Leve sua bolsa à frente de seu corpo, com sua mão sobre o fecho.

- Não carregue uma bolsa presa ao seu pulso, de forma que você não possa soltá-la caso seja necessário. Isso pode provocar sérias lesões.

- Utilize bolsas pequenas, de cor e formato discreto e material resistente (couro).

- Esteja alerta com as pessoas ao seu lado e atrás de você.

- Leve consigo apenas dinheiro, cheque e cartões necessários.

- Separe o dinheiro em bolsos diferentes.

- Tenha dinheiro separado, especialmente para pequenas despesas.

- Caso você seja vítima, não reaja.

Festa de rua

- Evite utilizar joias, relógios ou outros objetos de valor que chamem a atenção.

- Utilize roupas discretas, inclusive tênis.

- Separe dinheiro para pequenas despesas e leve apenas para o necessário.

- Não use garrafas de vidro.

- Evite levar crianças pequenas.

- Mantenha todas as crianças à sua vista, de preferência próximas a você.

- Identifique as crianças com etiquetas.

- Caso prefira ir de carro, cuidado no momento de estacioná-lo. Opte por estacionamentos credenciados, evite deixar seu carro em locais mal iluminados e isolados, não deixe objetos à vista no interior do veículo e não confie em guardadores e limpadores.

- Se puder, deixe o carro em casa para não ter problemas com estacionamento, danos e furto.

- Marque ponto para reencontro caso alguém do grupo se perca.

- Em caso de tumulto, saia de perto.

- Se houver necessidade de atendimento médico para alguém, lembre-se de que os socorristas precisam de espaço para trabalhar.

- Mantenha a identidade no bolso e tenha cuidado para não perdê-la.

- Guarde seus objetos pessoais, como celulares, carteiras e bolsas à frente de seu corpo.

- Desconfie de esbarrões e empurrões e confira seus pertences pessoais.

- Evite locais onde haja aglomeração de pessoas.

Campus universitário

- Ande em grupo, principalmente à noite.

- Sempre que possível, evite seguir uma rotina. Conhecendo seus hábitos, os criminosos podem planejar a abordagem. Procure fazer caminhos diferentes, descer em paradas diferentes ou alternar as linhas de ônibus, variar os locais de estacionamento, etc.

- Nunca aceite carona de estranhos nem dê carona a desconhecidos.

- Você pode organizar um rodízio com amigos, cada um ficando responsável pela carona em cada dia da semana. Assim você se protege e ainda economiza.

- Procure sempre um local iluminado, movimentado e perto da universidade para estacionar. Se possível, prefira os estacionamentos pagos e com seguro.

- Não confie em guardadores e flanelinhas.

- Se você souber de locais e pessoas que usam drogas, denuncie à Polícia: 0800 156 315.

Enchentes

- Ajude na prevenção.

- Não jogue lixo nas ruas ou em terrenos vazios.

- Seja consciente, mantenha sempre a cidade limpa.

- Durante a chuva, se estiver em local seguro, não saia.

- Informe-se sobre áreas alagadas e sobre o trânsito.

- Tenha paciência.

- Não passe por áreas alagadas. Não se arrisque a ficar ilhado. Busque locais altos e sem notícias de alagamentos.

- Não tente enfrentar a correnteza de carro ou a pé.

- Mantenha distância do carro da frente.

- Não deixe seu filho brincar nas águas das chuvas e enxurradas.

Assaltos e roubos

Muitas vezes é possível evitar assaltos e sequestros com um pouco de cuidado e atenção. Fique sempre atento e observe o comportamento de pessoas que estejam próximas a você ou paradas perto de lugares que você costuma frequentar.

Caso você seja vítima de um assalto, siga as orientações abaixo:

- Mantenha a calma.

- Comunique-se e faça movimentos lentos.

- Responda com calma somente aquilo que lhe for perguntado ou para avisar sobre qualquer gesto ou movimento a ser realizado.

- Não discuta. Entregue ao criminoso o que ele exigir. Assim, o tempo do roubo será menor.

- Evite brincadeiras ou conversas.

- Faça apenas o que o criminoso mandar.

- Não olhe diretamente para os assaltantes, isso é visto como uma ameaça.

- Procure memorizar todos os detalhes possíveis, fisionomia, modo e frases usadas, roupas, linguajar, trajetos e locais visitados, veículos utilizados, etc.

- Não tente fugir ou reagir. É muito comum outras pessoas estarem dando cobertura.

- Ligue para a Polícia assim que possível, transmita a descrição exata e o possível trajeto seguido com todos os detalhes.

- Registre a ocorrência em uma Delegacia de Polícia.

- Se você presenciar um assalto, mantenha-se afastado do local e evite interferir diretamente. Ligue para a Polícia e passe todas as informações possíveis. Após a saída do agressor, ajude a vítima.

- Não ande armado e nem tenha armas em casa. Mesmo que você saiba atirar e tenha porte de arma, suas chances ao reagir são muito pequenas, e o risco de que a arma seja usada contra você é muito grande.

Planejamento e cuidados

Um bom planejamento diminui surpresas desagradáveis.

- Antes de viajar, informe-se sobre as leis do país, estado ou cidade a ser visitado, evitando contratempos. As livrarias dispõem de guias impressos bastante úteis e completos.

- Você tem que decidir aonde você quer ir, como pretende chegar, qual o melhor meio de deslocamento, melhor trajeto, horário, etc. Deve decidir também o que levar.

- Utilize preferencialmente cartões ou cheques de viagem. Evite levar altas quantias em dinheiro.

- Procure passar despercebido na multidão.

- Não exiba joias, câmeras, filmadoras e roupas que despertem muita atenção.

- Antes de escolher seus itinerários, informe-se sobre áreas que você deve evitar.

- Procure estar em locais bem iluminados e movimentados.

- Fique atento com pessoas que estão à sua volta.

- Não comente seus planos de viagem, bens pessoais e quantias de dinheiro com pessoas que acabou de conhecer ou perto de estranhos.

- Verifique mapas antes de fazer seus percursos.

- Mantenha-se em estradas movimentadas e bem iluminadas. Evite cortar caminhos.

- Evite manusear dinheiro em público. Tenha dinheiro separado para despesas pequenas.

- Mantenha uma cópia do número de seus cheques de viagem e cartões de crédito, bem como o telefone da companhia para ligar em casos de emergência.

- Sempre feche seu veículo, mesmo em pequenas paradas. Mantenha objetos de valor trancados no porta-malas. Não deixe mapas e guias à mostra. Eles podem identificar que você é de fora.

- Procure ficar junto de todas as pessoas que viajam com você, especialmente crianças.

- Fique de olho nas crianças e oriente para que fiquem próximas, não conversem ou aceitem carona ou alimentos de estranhos.

- Certifique-se de que todos sabem onde estão, o endereço de estada, bem como um telefone de apoio. Em locais públicos, marque sempre um ponto de encontro para casos de pessoas perdidas.

- Não pare para ajudar estranhos. Ligue para o sistema de ajuda da estrada ou avise o policiamento rodoviário.

- Caso você esteja sendo seguido, procure o posto policial mais próximo, centro comercial, restaurante, posto de gasolina e peça apoio.

- Não peça informações a estranhos. Procure seu hotel ou lojas, postos policiais, etc.

- Aparentar estar perdido ou mesmo distraído é um ótimo chamariz para ladrões.

- Não troque dinheiro com carregadores, agenciadores ou desconhecidos em aeroportos, estações rodoviárias ou ferroviárias. Procure casas de câmbio ou bancos autorizados.

- Utilize somente os serviços de táxi cujos motoristas tenham identificação pessoal à vista. Não use táxi que esteja fora do ponto oficial.

- Não abra a porta de seu apartamento sem identificar com segurança o visitante. Mantenha-a permanentemente trancada. Na dúvida, confirme seu serviço junto ao gerente ou chame a Polícia.

- Não convide pessoas que acabou de conhecer para irem ao seu quarto.

- Não atenda funcionários do hotel que queiram oferecer serviços não solicitados. Comunique à gerência.

- Não ande sozinho em becos, vielas e locais desertos.

- Tome muito cuidado com pessoas desconhecidas que o abordarem em casas de diversão e boates.

- Em restaurantes abertos, não pendure bolsas, máquinas fotográficas ou câmeras de vídeo nas cadeiras nem as coloque no chão. Se você for ao banheiro, leve os objetos de valor com você.

- Não revele seus dados pessoais a desconhecidos ainda que sejam eventuais companheiros de viagem.

- Quando usar cartão de crédito, não o perca de vista. Exija que seja utilizado na sua presença e confira com segurança o comprovante do vendedor.

- Durante os traslados, vigie de perto a sua bagagem. Use etiquetas grandes e coloridas que permitam a fácil identificação de suas malas nas esteiras ou balcões de entrega.

- Carregue seus objetos (celular, bolsas, carteiras) sempre junto ao seu corpo, de preferência à frente de seu corpo. Outra opção é utilizar bolsos por baixo de suas roupas para transporte de quantias maiores.

- Utilize malas leves. Malas pesadas e grandes diminuem sua mobilidade e fazem com que fique mais visado.

- É recomendável colocar seu nome e telefone também do lado de dentro das malas.

- No embarque, não as perca de vista até realizar o check-in.

- Priorize em sua bagagem de mão objetos importantes, como celular, equipamento de informática, objetos de valor, dinheiro e documentos pessoais.

- Contrate o serviço do hotel e passeios previamente através de empresas especializadas.

- Jamais guarde objetos ou pacotes a pedido de estranhos.

- Lembre-se de colocar nome, endereço, telefone e cópia do roteiro de sua viagem dentro da bagagem. Em caso de perda, essas informações ajudarão a recuperá-la mais rapidamente.

- Em aeroportos, estações rodoviárias, ferroviárias, portos, não deixe sua bagagem fora do seu alcance.

- Malas e bagagens chamativas podem despertar atenção ainda maior para seus pertences. Utilize bagagens discretas.

- Mantenha pertences de valor, assim como sua documentação pessoal (passaporte, identidade, etc.), sempre em local seguro durante a viagem. Uma boa opção é mantê-los consigo.

- Conheça o percurso a ser seguido, evitando se perder ou parar em locais isolados.

- Evite sair à noite e em horários de “rush”.

Passaporte e passagens

- Depois de apresentá-lo às autoridades (imigração e alfândega), não guarde o seu passaporte em sacolas ou malas, pois elas podem ser furtadas, esquecidas ou extraviadas. Prefira mantê-lo consigo.

- Ao chegar ao hotel, guarde seu passaporte em local seguro, se possível em um cofre. Em caso de extravio, furto ou roubo, comunique imediatamente à Polícia local.

- Não permita que a ansiedade da viagem e a correria façam com que você se descuide de seu passaporte e bagagens.

- Providencie uma fotocópia de seu passaporte, que deve ser levada consigo, enquanto o original deve permanecer guardado.

- Leve seu documento de identidade para facilitar a emissão de uma segunda via, em caso de perda de seu passaporte.

- No planejamento de sua viagem, anote o endereço e telefone dos consulados brasileiros em todas as cidades que você visitará ou onde seu avião fará escalas.

- Anote os telefones de seu agente de viagens, ele poderá orientá-lo com respeito às dificuldades em sua viagem.

- Em caso de furto ou roubo de seus documentos, faça o registro de ocorrência na Delegacia de Polícia mais próxima.

- Se o seu bilhete aéreo sumir, você deve entrar em contato com o balcão da companhia aérea para solicitar a emissão de uma segunda via. Será mais fácil se você tiver o comprovante de pagamento da passagem.

Segurança em hotéis e motéis

- Mantenha portas e janelas de seu quarto devidamente trancadas, mesmo que por poucos instantes.

- Deixe seu quarto organizado. Fica mais fácil identificar objetos que possam ter sido roubados.

- Contrate passeios através do hotel ou empresas credenciadas.

- Guarde joias ou objetos de valor em locais especiais, como cofres.

- Lembre-se: a melhor fórmula contra o crime é a prevenção.

- Nunca deixe dinheiro, cartões ou chaves de carros em seu quarto. Leve consigo ou procure um cofre do hotel.

- Informe imediatamente qualquer objeto que tenha sido extraviado.

- Informe imediatamente qualquer movimentação suspeita próxima ao seu quarto.

- Se algum funcionário se portar de forma suspeita, avise imediatamente a gerência.

- Lembre-se: a melhor fórmula contra o crime é a prevenção.

Cautelas com a casa

- Comece a prevenção a crimes certificando-se de que sua residência estará protegida enquanto você estiver fora. O segredo é fazer com que sua casa aparente estar habitada.

- Tenha certeza de que todas as portas e janelas estão fechadas e funcionando.

- Reforce portas, portões e janelas com trincos, trancas e cadeados internos.

- Nas áreas externas, não deixe ferramentas e escadas, elas podem ser usadas para arrombamento.

- Examine os pontos vulneráveis de sua casa. Se possível, instale dispositivos de segurança, como alarmes, sensores de presença, reforço à tranca normal de janelas e portas, etc.

- Uma boa opção de reforço para as janelas é colocar na parte interna um pedaço de madeira ou outro material que impeça sua abertura.

- Ative sistemas de segurança que você tenha instalado.

- Suspenda correspondências e jornais que você assina ou peça para que alguém de sua confiança recolha-os diariamente.

- Dificulte o acesso ao interior de sua residência, trancando as portas de todos os cômodos e recolhendo as chaves.

- Evite deixar sua casa toda apagada ou também manter luzes acesas durante o dia. Procure instalar lâmpadas com fotocélula.

- Televisores e rádios podem ser programados para ligarem e desligarem em alguns horários.

- Peça para que um vizinho estacione em sua garagem, especialmente à noite.

- Não deixe chaves reservas escondidas embaixo de tapetes, dentro de vasos, sobre batentes de portas, etc.

- Não informe seus planos de viagem a pessoas que você acabou de conhecer ou perto de pessoas estranhas.

- De vez em quando telefone para alguém de sua confiança para saber se está tudo bem.

- Nas ausências prolongadas, peça a um parente para visitar sua casa para demonstrar a presença de pessoas (abrindo janelas, regando jardins, entrando com carro na garagem, etc.).

- Não deixe joias ou dinheiro dentro de casa, mesmo que seja em cofre.

- No caso de residências com jardim na frente, contrate alguém para mantê-lo limpo, evitando o aspecto de abandono.

- Só deixe a chave com pessoas de absoluta confiança.

- Evite colocar cadeados do lado externo do portão. Isso pode denunciar sua saída.

- Desligue a campainha. Assim, você deixa em dúvida quem quer usá-la apenas para verificar se você está em casa.

- Se você deixar um cachorro para cuidar do local, é recomendável que ele seja treinado para não comer alimentos jogados no chão.

- Ao chegar, procure identificar a presença de pessoas estranhas antes de desembarcar de seu veículo ou entrar em sua casa.

- Caso existam sinais de arrombamento, não entre em casa.

- Cuidado no momento de descarregar seu veículo.

Ao viajar de carro, verifique:

- Direção, faróis e luzes.

- Pneus, rodas e estepe.

- Freios, suspensão e amortecedores.

- Combustível, óleo, nível de água e fluidos.

- Documentos (habilitação, certificado de registro e licenciamento do veículo e seguro obrigatório).

- Água e funcionamento dos limpadores de para-brisa.

- Suspensão e amortecedores.

Nas estradas:

- Faça uma revisão em seu veículo. Verifique sistema de freios, pneus, suspensão e amortecedores, sistema de iluminação, direção, além dos principais equipamentos obrigatórios.

- Planeje as melhores vias e horários para sua viagem.

- Esteja descansado para pegar estrada.

- Antes de sair, tenha um mapa para não precisar parar para pedir informações. Se isso for necessário, procure um posto de serviço ou um posto da Polícia Militar.

- Álcool e direção não combinam. Nunca dirija após a ingestão de bebidas alcoólicas.

- Carregue seu carro respeitando os limites de peso e a visibilidade.

- Mantenha sempre a atenção. Um segundo de desatenção a 80 Km/h significa aproximadamente 25 metros pelos quais você passou sem ter percebido possíveis problemas. Por isso, evite conversas e brincadeiras em seu veículo.

- Estabeleça pontos de parada e reabastecimento a cada 2 horas, assim você evita o cansaço, a sonolência e a desatenção. Escolha postos de serviço e de combustível bem iluminados, em local de grande circulação e, de preferência, marcas que você conhece e confia.

- Faça refeições leves antes e durante a viagem (evita a sonolência, a diminuição dos reflexos e complicações no atendimento médico) e consuma água para a hidratação do corpo.

- Mantenha uma distância de segurança mínima de 4 segundos entre os veículos.

- Se algum veículo forçar passagem, diminua sua velocidade e, na primeira oportunidade, facilite a passagem dele.

- Respeite os limites de velocidade.

- Evite freadas ou mudanças bruscas de direção, sinalize suas intenções com antecedência. Surpresas podem provocar acidentes.

- Não olhe diretamente para o foco de luz do farol de outros veículos. Direcione sua visão sob o foco de luz, guiando-se pelas faixas divisórias de pista, canteiros centrais ou acostamentos. Esse comportamento evita ofuscamentos de sua visão, o que pode provocar acidentes.

- Se algum veículo estiver com farol desregulado, acione somente por um instante o foco de luz alta de seu veículo como forma de advertência sobre o problema.

- Verifique se a documentação pessoal e do veículo estão em ordem.

- Dirija com segurança, respeitando a sinalização, o policiamento e outros motoristas.

- Deixe o acostamento sempre livre para os veículos de emergência: ambulâncias, bombeiros e Polícia Rodoviária.

- Nunca faça ultrapassagens pela direita ou pelo acostamento. Na dúvida, não ultrapasse.

- Evite fumar ao dirigir. Brasas de cigarro podem causar acidentes.

- Não dirija com seu filho em seu colo. Crianças sempre no banco de trás, com cinto de segurança. Crianças de até quatro anos devem ser transportadas com cadeiras especiais, fixadas no banco de trás.

- No caso de algum problema mecânico ou elétrico, pneu furado ou acidente, remova sempre o veículo da pista e acenda o pisca-alerta. Procure parar apenas em postos de serviço ou bases do policiamento rodoviário.

- Dirija com mais cuidado na chuva e na neblina. Nesses casos, acenda os faróis baixos.

- O cinto de segurança é obrigatório em todo o território nacional. Use sempre.

- Tenha sempre à mão um telefone celular com a bateria completa.

- Leve com você os números dos postos policiais, os números de telefone das polícias rodoviária, estadual e federal e, se possível, o telefone de emergência da rodovia que você vai usar. Em qualquer situação, o número 190 é sempre uma boa alternativa.

- Evite viajar à noite. Se for preciso, aumente sua atenção e diminua a velocidade.

- Evite ao máximo viajar sozinho, é mais seguro estar sempre acompanhado.

- Se possível, viaje com outros carros. Além de inibir a ação de criminosos, facilita seu resgate em casos de acidente ou problema mecânico.

- Quando parar em um posto de serviços, tranque o carro.

- Se você passar por pessoas pedindo ajuda (por falha mecânica ou acidente), não pare! Telefone para a polícia ou serviço de resgate e peça socorro.

- Dirija sempre com atenção, respeitando as leis do trânsito e os motoristas. Seja consciente, respeite a vida.

Na praia

- Obedeça a sinalização dos locais perigosos.

- Não entre na água sozinho.

- Respeite seus limites.

- Entre no mar com cuidado e avance somente até a água atingir o nível do umbigo.

- Mantenha as crianças sempre por perto e sob sua vista.

- Não deixe as crianças irem sozinhas para a água.

- Permaneça longe das encostas e pedras.

- Não aceite bebidas de estranhos, pois podem estar adulteradas com algum tipo de narcótico ou sonífero.

- Se for usar alguma embarcação, coloque sempre colete salva-vidas.

- Nunca entre na água depois de comer ou beber.

- Não fique muito exposto ao sol. Isso pode causar sérias queimaduras e até câncer de pele.

- Se você perceber alguém com dificuldade na água, mantenha a calma e chame imediatamente um salva-vidas.

- Deixe os objetos de valor em lugar seguro, preferencialmente com você.

- Nunca deixe seus pertences sozinhos. Peça a alguém de confiança para olhar enquanto você toma banho de mar.

- Mantenha as praias sempre limpas.

No campo

- Evite fazer fogueiras.

- Recolha o lixo e jogue-o em lugar apropriado.

- Não corte árvores e não destrua plantas.

- Lembre-se que o leito de rios e lagos não é local para jogar detritos.

- Conserve a natureza sempre viva.

Compras

- Prefira pagar com cheque ou cartão, não tenha consigo grandes quantias em dinheiro.

- Não deixe a bolsa, carteira ou outros objetos comprados de forma descuidada. Nunca perca contato visual de suas coisas e as deixe sempre próximas a você.

- Evite aglomerações, inclusive em ruas ou lojas.

- Procure fazer suas compras em dias e horários de menor movimento.

- Evite retirar sua carteira em público, principalmente em bares, lojas, locais de grande movimento, etc.

- Bolsas, carteiras ou sacolas de compras devem ser transportadas junto e à frente do corpo, para o lado de dentro da calçada.

- Evite carregar muitos pacotes ou sacolas para não chamar a atenção e evitar ter as duas mãos ocupadas.

- Desconfie de empurrões ou esbarrões.

- Preferencialmente, dê referências comerciais.

- Não perca as crianças de vista enquanto olha vitrines ou faz compras e identifique crianças pequenas que estejam com você.

- Evite utilizar joias e roupas que chamem a atenção.

- Tenha dinheiro separado para pequenas despesas.

- Leve consigo somente cartões e cheques necessários.

- Separe dinheiro em diferentes bolsos, preferencialmente em bolsos da frente.

- Avise imediatamente a perda, o roubo ou o extravio de cartões ou talões bancários.

- Tenha muita atenção quando pessoas estranhas se aproximarem.

- Suspeite de atrações públicas (cantores e demais artistas). Elas podem servir para tirar sua atenção e facilitar uma ação criminosa.

- Pague com cheque cruzado e nominal ou cartão, evitando, assim, andar com quantias elevadas de dinheiro.

- Cuidado no momento de efetuar o pagamento com cartões para evitar a clonagem ou cópia dos dados do seu cartão. Não perca seu cartão de vista e certifique-se de sua utilização apenas na máquina de sua operadora.

- Evite abrir a carteira em público. Se precisar fazê-lo, seja discreto e não permita que outras pessoas vejam seu conteúdo.

- No caso de furto ou qualquer ocorrência policial, não perca tempo, comunique imediatamente à Polícia Militar mais próxima da área.