acessibilidade

fechar

Análise sobre impactos no cenário para investimentos 

Compartilho abaixo breve análise feita por Martin Iglesias, professor e especialista líder em Investimentos e Alocação de Ativos do Itaú Unibanco, sobre impactos no cenário para investimentos considerando o anúncio de aumento da taxa Selic pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) hoje (22/09).

 

  • • Após a já esperada alta de 1 pp, a Selic em 6,25% traz a perspectiva de que os produtos pós-fixados ( DI ) voltem a projetar juros reais positivos para os próximos 12 meses, fato não observado há algum tempo. Essa situação pode indicar o início de um redirecionamento das alocações, migrando da renda variável para produtos mais conservadores de renda fixa, que é o chamado “efeito portfólio”.

  • • A alta da Selic não deve ter impactos relevantes nos títulos de renda fixa mais longos, pois são menos sensíveis à mudança na taxa de curto prazo.

  • • Pode trazer também algum impacto no câmbio, com possível depreciação do dólar, provocada por eventual movimento de atração de investidores estrangeiros de renda fixa para o mercado brasileiro. Porém, é importante notar que a variação cambial também é influenciada por outros fatores como o cenário global, aumento de juros em outros países, além de preocupações ligadas à situação fiscal do Brasil.