Itaú BBA - Responsabilidade Socioambiental

< Voltar

Responsabilidade Socioambiental


Somos parte de um dos maiores grupos financeiros do mundo. Dessa forma, estamos comprometidos, há mais de uma década, com as questões que envolvem a sustentabilidade no mercado financeiro.

Exercemos um papel central nos Princípios do Equador desde 2004. Em 2008 e 2009, o Itaú Unibanco foi eleito pelas maiores instituições financeiras do mundo para ocupar a posição de presidente do Comitê Diretivo dos Princípios do Equador, atestando nossa influência global na promoção de boas práticas socioambientais e de sustentabilidade. Atualmente, o Itaú Unibanco é membro desse comitê diretivo e vem liderando diversas iniciativas, como o processo de revisão estratégica dos Princípios.

Os Princípios do Equador, de adesão voluntária, constituem um conjunto de critérios usados para identificação, avaliação e gerenciamento de risco socioambiental em operações de Project Finance, conforme definidas em Basileia II e disponíveis no site www.equator-principles.com. Assim, as instituições signatárias reconhecem que a aplicação desses Princípios oferece a oportunidade para que projetos sejam desenvolvidos de forma social e ambientalmente responsável.

Além disso, o Itaú Unibanco é o único banco de países emergentes que figura, desde 1999, no Índice Dow Jones de Sustentabilidade. Em 2010, e pelo segundo ano consecutivo, obtivemos a maior nota em análise socioambiental de projetos, atingindo 93 pontos - enquanto a média do setor é de 50 pontos.
 


Repasse externo financia linha 'verde' do Itaú BBA

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o banco alemão Commerzbank repassaram US$ 200 milhões ao banco Itaú BBA, volume que será integralmente destinado ao financiamento de projetos relacionados à energia renovável, eficiência energética e mecanismos de produção mais limpos, bem como em projetos que possam gerar créditos de carbono na América Latina.

A intenção do BID e do Commerzbank é fomentar financiamentos a projetos verdes e sustentáveis na América Latina. Com a iniciativa, o Itaú BBA viabilizará projetos de fontes de energia limpa nos países que opera na região, em linha com o seu objetivo de expansão internacional.













< Voltar Imprimir