Itaú BBA - Copom: reagindo às incertezas

Revisão de Cenário Brasil

< Voltar

Copom: reagindo às incertezas

Março 6, 2020

O BC sinalizou que poderá agir para mitigar os efeitos do coronavírus na economia. Revisamos nossa projeção de Selic para 3,75% em 2020.


Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.

 

• Reduzimos nossa projeção para o crescimento do PIB para 1,8% em 2020 (de 2,2%), devido a sinais de arrefecimento da atividade econômica no 1T20 e aos efeitos negativos da desaceleração da economia global. Para 2021, mantemos nossa projeção em 3,0%. 

• Mantemos nossa projeção de taxa de câmbio para 4,15 reais por dólar em 2020 e 2021.

• Com o menor crescimento econômico, pioramos nossas estimativas de déficit primário de 1,0% para 1,1% do PIB em 2020 e de 0,5% para 0,6% do PIB em 2021. 

• Mantemos nossa projeção de inflação em 3,3% neste ano e 3,5% em 2021.

• O Banco Central sinalizou que poderá tomar medidas para mitigar os efeitos da epidemia de coronavírus na economia doméstica. Revisamos nossa projeção para a taxa Selic para 3,75% a.a. ao final de 2020 e para 4,00% a.a. ao final de 2021.


 

Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.



< Voltar