Itaú BBA - Decomposição da inflação em anos de recessão/crise no Brasil

Macro Visão

< Voltar

Decomposição da inflação em anos de recessão/crise no Brasil

Fevereiro 1, 2021

Choque de câmbio explica inflação na meta em 2020.

Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.

• 
Apesar da contração econômica derivada da pandemia do coronavírus, o IPCA fechou o ano de 2020 0,5 p.p. acima do centro da meta. Este estudo parte de uma curva de Phillips padrão e decompõe a inflação anual observada entre 5 componentes: (i) inércia; (ii) expectativas; (iii) inflação importada (câmbio e commodities); (iv) hiato; e (v) resíduo/choque.

• Ao contrário das recessões/crises anteriores, inércia, expectativas, hiato e resíduo ajudaram a trazer a inflação para abaixo da meta em 2020. O IPCA de 4,52% foi fruto principalmente do choque de câmbio observado ao longo do ano. Este, por sua vez, teve parte de seu movimento derivado da combinação entre taxa de juros em patamar historicamente baixo e política fiscal expansionista, com toda a incerteza sobre ancoragem fiscal adiante. 

Julia Passabom

Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.



< Voltar