Itaú BBA - Macro Setorial
  • Celulose e papel: Cenário favorável às exportações deve impulsionar crescimento do setor nos próximo  

    Câmbio depreciado e volume de investimentos alavancam o crescimento do setor

  • Bens de capital: Sem sinais de recuperação  

    Retração da atividade impacta setor de bens de capital

  • Educação: Cenário desfavorável no curto prazo deve reduzir o ritmo do setor  

    Setor de educação tem cenário negativo no curto prazo, mas perspectivas de longo prazo são favoráveis.

  • Varejo: Desaquecimento à frente  

    O segmento varejista tem crescido relativamente mais no Brasil que em outros países nos últimos anos.

  • Siderurgia: Desafios contínuos  

    Em 2015, os custos de produção continuarão pressionados pela alta do preço de energia.

  • Farmacêuticos e cosméticos: A expansão continua  

    Os dados de produção e de vendas refletem o momento positivo vivido pelo setor

  • Veículos: Desafios à frente  

    No curto prazo, o setor sofreu um impacto negativo devido ao menor número de dias úteis devido à Copa do Mundo.

  • Construção civil deve continuar em expansão  

    Para 2014, esperamos crescimento de 2,1%, um pouco acima da economia.

  • Siderurgia: cenário ainda desafiador em 2013 e em 2014  

    Projetamos ligeira alta de 0,5% para a produção de aço bruto neste ano.

  • Mineração: Apesar da piora no cenário internacional, setor deve continuar investindo em 2013  

    O Novo Código Regulatório da Mineração, recém-anunciado pelo governo, deve trazer alguma melhora, ao reduzir as incertezas.

  • Veículos: Desempenho de vendas do setor segue forte  

    Impulsionado por incentivos governamentais, o setor tem o desafio de tentar repetir a atuação em 2013.

  • Construção Civil: Setor espera melhor desempenho em 2013  

    Os índices de preços dos imóveis residenciais continuam mostrando alta, porém de forma mais moderada.


      < Voltar