Itaú BBA - Macro Regional
  • Maranhão: Estado tem desafio de investir na qualificação da mão de obra  

    Esperamos crescimento da economia do Maranhão em linha com a nacional ao longo dos próximos anos

  • Paraíba: Estado tem desafio de diversificar economia para crescer  

    Esperamos que a economia da Paraíba cresça em linha com a nacional ao longo dos próximos anos

  • Pará: Estado tem desafio de investir na qualificação da mão de obra para crescer  

    Estado possui uma economia com grande participação do setor extrativo e é um importante centro de distribuição logística

  • Mato Grosso do Sul: Estado deve crescer impulsionado pela agropecuária  

    Esperamos crescimento médio real da economia do Mato Grosso do Sul de 0,3% ao ano, entre 2015 e 2020.

  • Rio Grande do Sul: Quarta maior economia do País, Estado deve desacelerar nos próximos anos  

    Esperamos crescimento médio real da economia do Rio Grande do Sul de 0,2% ao ano, entre 2015 e 2020

  • Roraima: Estado tem desafio de criar condições favoráveis para atrair investidores  

    Esperamos um crescimento médio real da economia de Roraima de 0,5% ao ano entre 2015 e 2020

  • Amapá: Estado tem desafio de diversificar economia e atrair investimentos  

    Estado tem desafio de diversificar economia e atrair investimentos

  • Acre: Estado tem desafio de qualificar a mão de obra e atrair investimentos  

    Esperamos um crescimento médio real da economia de 1,2% ao ano entre 2015 e 2020, impulsionado pelo comércio varejista e pelo setor de serviços.

  • Tocantins: Estado tem desafio de diversificar a economia para crescer  

    A agricultura se destaca no TO, principalmente a produção de soja, que vem crescendo a taxas superiores à média nacional

  • Piauí: Estado tem desafio de qualificar a mão de obra para crescer  

    Esperamos um crescimento médio real da economia do Piauí (PI) de 1% ao ano entre 2015 e 2020.

  • Goiás: Estado tem bases sólidas para atrair investimentos e crescer nos próximos anos  

    O rendimento médio em GO é superior à média nacional.

  • Sergipe: Estado tem desafio de melhorar a educação e diminuir a desigualdade de renda da população  

    Esperamos um crescimento médio real da economia de Sergipe (SE) de 1,7% ao ano entre 2014 e 2020.

  • Rondônia: Estado tem desafio de diversificar os investimentos para crescer  

    O rendimento médio em RO é inferior à média nacional.

  • Alagoas: Estado tem desafio de qualificar a mão de obra para crescer  

    Esperamos um crescimento médio real da economia de Alagoas (AL) de 1,8% ao ano entre 2014 e 2020.

  • Rio Grande do Norte: Grande produtor de energia eólica, Estado tem desafio de atrair mais investimen  

    Esperamos um crescimento médio real da economia do Rio Grande do Norte (RN) de 1,7% ao ano entre 2014 e 2020.

  • Amazonas: Com grande quantidade de investimentos anunciados, Estado deve crescer acima da média naci  

    Esperamos um crescimento médio real da economia do Amazonas (AM) de 2,5% ao ano entre 2014 e 2020.

  • Mato Grosso: Maior produtor de soja e gado no País, Estado tem desafio de atrair investimentos  

    O rendimento médio no MT é mais elevado do que a média nacional.

  • DF: PIB per capita mais elevado do País e grande participação do setor de serviços na economia  

    O PIB per capita no DF é de R$ 61,3 mil.

  • Espírito Santo: Grandes fontes de recursos naturais  

    Com grandes fontes de recursos naturais, Estado cresce impulsionado pela indústria extrativa

  • São Paulo: Estado mais proeminente do País deve receber R$ 64 bilhões em investimentos  

    Esperamos um crescimento médio da economia de São Paulo de 2,2% ao ano entre 2014 e 2020.

  • Santa Catarina: o estado tem o desafio de aumentar o ritmo de crescimento nos próximos anos  

    Grande produtor pecuário e industrial, Estado tem o desafio de aumentar o ritmo de crescimento nos próximos anos.

  • Ceará: economia cearense deve crescer acima da média nacional nos próximos anos  

    Os principais propulsores desse desempenho no longo prazo devem ser, além da conjuntura nacional e internacional, os investimentos direcionados.

  • Bahia: Maior economia do Nordeste deve manter crescimento próximo ao do Brasil nos próximos anos  

    Grande parte dos investimentos no Estado estão direcionados ao Polo Industrial de Camaçari.

  • Projetamos crescimento moderado para os estados brasileiros nos próximos anos  

    As variáveis macroeconômicas podem impactar os estados de forma diferenciada.

  • Rio de Janeiro: Com o 2º maior PIB do Brasil, o estado crescerá impulsionado pelo pré-sal e eventos  

    Investimentos acima de R$ 12 bilhões por conta das Olimpíadas de 2016.

  • Pernambuco: Com o 2º maior PIB do Nordeste, estado tem o desafio de manter o ritmo de crescimento  

    Em 2010, o PIB do estado (R$ 95,1 bilhões) foi o segundo mais elevado da região Nordeste.

  • Minas Gerais: O terceiro maior estado brasileiro será alvo de grandes investimentos nos próximos ano  

    Minas deverá continuar crescendo.


      < Voltar