Itaú BBA - Superávit comercial de US$ 4,5 bilhões em maio

Macro Brasil

< Voltar

Superávit comercial de US$ 4,5 bilhões em maio

Junho 1, 2020

A balança comercial de maio seguiu mostrando sinais de desaceleração do comércio global e, especialmente, do recuo da atividade doméstica.


Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.

 

 O saldo comercial foi positivo em US$ 4,5 bilhões em maio, acima da nossa expectativa (superávit de US$ 3,6 bilhões) e das expectativas de mercado (superávit de US$ 4,3 bilhões). Em relação à nossa projeção, a surpresa se deu por conta de uma queda mais forte das importações na última semana do mês. 

 O saldo é resultado de US$ 17,9 bi de exportações e de US$ 13,4 bi de importações no mês. O número é inferior ao superávit de US$ 5,7 bilhões registrado no mesmo mês do ano anterior, mas vale notar que as importações foram infladas pela compra de uma plataforma de petróleo de US$ 2,7 bilhões. A média móvel trimestral dessazonalizada e anualizada do saldo comercial recuou de US$ 52 bilhões para US$ 50 bilhões. Excluindo a operação pontual com a plataforma de petróleo, a média móvel trimestral teria atingido US$ 61 bilhões.

 Os dados de maio refletem a desaceleração do comércio global e, especialmente, o recuo da atividade econômica no Brasil em função da epidemia de coronavírus. Nas próximas divulgações, tanto exportações quanto importações devem permanecer em patamares mais baixos do que os observados recentemente.

 

Julia Gottlieb
Thales Caramella 


Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.


 



< Voltar