Itaú BBA - Relatório Trimestral de Inflação: evidências favorecem novos cortes de juros

Macro Brasil

< Voltar

Relatório Trimestral de Inflação: evidências favorecem novos cortes de juros

Dezembro 19, 2019

O RTI reforça nossa convicção de que a autoridade monetária irá enxergar espaço para reduzir novamente a taxa Selic.


Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.
 

• O relatório de inflação de dezembro de 2019 mostra projeções consistentes, a nosso ver, com cortes adicionais da taxa Selic nas próximas reuniões do Copom. Adicionalmente, o documento indica que a taxa Selic pode permanecer em nível próximo do mínimo por tempo considerável, com alta somente a partir de 2021. O crescimento do PIB foi revisado para 1,2% para 2019 e 2,2% para 2020, em linha com nossas projeções. Dentre os estudos apresentados, destacam-se, a nosso ver, os que analisam o mercado de trabalho e mostram que: (1) o setor informal tem sido primordial para a recuperação do mercado de trabalho e (2) indicadores de taxa de desocupação ajustados pelas horas de trabalho mostram uma redução do nível de ociosidade mais lenta do que a apontada pela taxa de desocupação tradicional. 

• Também importante, acreditamos que a trajetória das projeções de inflação por trimestre indica que o BCB pode ser surpreendido com um resultado cerca de 0,40 p.p. mais baixo do que espera para o primeiro trimestre de 2020 – o que reforça nossa convicção de que a autoridade monetária irá enxergar mais espaço para reduzir novamente a taxa Selic.
 

Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.



< Voltar