Itaú BBA - IPCA subiu 0,75% em março, acumulando alta de 1,51% no 1º tri

Macro Brasil

< Voltar

IPCA subiu 0,75% em março, acumulando alta de 1,51% no 1º tri

Abril 10, 2019

IPCA de março acima do esperado com surpresa em alimentos, mas dinâmica segue benigna

Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.
 

• O IPCA de março registrou alta de 0,75%, bem acima da nossa projeção e da mediana das expectativas de mercado (ambas em 0,63%). A surpresa, no entanto, foi concentrada em itens de alimentação no domicílio, com destaque para carne bovina, tomate e batata. Apesar do número alto para o índice cheio em março, as medidas de núcleo permanecem em trajetória bastante confortável. O núcleo de serviços subjacentes, por exemplo, subiu 0,20% no mês e acumula alta de 3,3% em 12 meses. Mantemos nossa avaliação de que a inflação segue em dinâmica benigna e sob baixo risco de pressões pelo lado da demanda. Contribuem neste ponto a inércia inflacionária, expectativas ancoradas e elevada capacidade ociosa na economia.

• Com o resultado de hoje, o IPCA fecha o primeiro trimestre do ano com alta de 1,51%. O acumulado em 12 meses acelerou de 3,89% para 4,58%. Nós revisamos nossa projeção preliminar para o IPCA de abril para 0,57%. Com isso a taxa de 12 meses deve acelerar para 4,94%. Nossas projeções para maio e junho estão em, respectivamente, 0,34% e 0,18%. Para o ano, a nossa projeção continua em 3,6%.
 

Julia P. Araujo
 

Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.



< Voltar