Itaú BBA - IPCA-15 recua 0,59% em maio e atinge 1,96% em 12 meses

Macro Brasil

< Voltar

IPCA-15 recua 0,59% em maio e atinge 1,96% em 12 meses

Maio 26, 2020

Quedas nos preços de combustíveis e passagens aéreas contribuíram para a deflação no mês. Núcleos de inflação seguem baixos


Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.
 

O IPCA-15 de maio registrou deflação de 0,59%. O dado veio próximo da nossa projeção (-0,56%) e abaixo do esperado pelo mercado (-0,48%). Destaque para queda nos preços dos combustíveis (-8,5%) e passagens aéreas (-27,1%).

As medidas de núcleo de inflação seguem em patamares baixos e desacelerando na margem. A inflação de industriais subjacente recuou 0,09% na leitura de hoje, com o acumulado em doze meses passando de 0,8% para 0,5%. A inflação de serviços subjacente também desacelerou nessa base de comparação, passando de 3,2% para 2,8%.

As próximas leituras do IPCA devem seguir baixas. Projetamos deflação de 0,42% em maio e alta de 0,19% em junho e 0,36% em julho. Esperamos alta de 2,0% no IPCA em 2020 e 3,0% em 2021.
 

Julia Passabom


Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.



< Voltar