Itaú BBA - Déficit em conta corrente de US$ 3,9 bilhões em fevereiro

Macro Brasil

< Voltar

Déficit em conta corrente de US$ 3,9 bilhões em fevereiro

Março 25, 2020

Nos próximos meses, o déficit em conta corrente deve recuar com a atividade econômica mais fraca e o câmbio mais depreciado.


Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.

 

 As transações em conta corrente registraram déficit de US$ 3,9 bilhões em fevereiro de 2020, acima da nossa expectativa e das expectativas de mercado (ambos um déficit de US$ 3,3 bilhões). Em relação à nossa projeção, surpresa foi concentrada na conta de rendas, especialmente pagamento de juros. 

 Acumulado em 12 meses, o déficit em conta corrente somou US$ 52,9 bilhões, ou 2,9% do PIB. 

 Nos próximos meses, o déficit em conta corrente deve recuar com atividade econômica mais fraca e câmbio mais depreciado. Itens como viagens internacionais, transportes e lucros e dividendos devem ser os mais afetados. O impacto sobre a balança comercial ainda é dúbio uma vez que as importações devem recuar, mas as exportações também com a retração do comércio global.

 Para os próximos anos, projetamos déficits em conta corrente entre 2,5% e 3,0% do PIB. Apesar do patamar mais elevado, o déficit em conta corrente deve continuar sendo confortavelmente financiado por investimento estrangeiro direto. 


 

Julia Gottlieb
Thales Caramella 


Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.



< Voltar