Itaú BBA - Copom: Firme ao leme

Macro Brasil

< Voltar

Copom: Firme ao leme

Outubro 30, 2019

Como amplamente esperado, o Copom cortou a taxa Selic em 0,50 p.p e sinalizou outro corte de 0,50 p.p. adiante, em dezembro.


Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.


• Como amplamente esperado, o Copom cortou a taxa Selic em 0,50 p.p., em decisão unânime, para o nível de 5% a.a, o mais baixo da história. O comunicado indica que o próximo passo de política monetária provavelmente será outro corte de 0,50 p.p., levando a Selic a 4,5% a.a. no final do ano. As autoridades calibraram sua comunicação para reduzir as expectativas, por parte do mercado, de flexibilização monetária adicional, embora as projeções apresentadas, especialmente a de inflação para 2021 no cenário de mercado (3,5%), sugiram que os membros do comitê se sentem confortáveis em levar a taxa de juros para 4,0% a.a. Esperamos que o Copom reduza a taxa de juros para 4,5% em sua reunião no final deste ano e para 4% a.a. até março de 2020. Teremos mais detalhes sobre o racional do Copom com a divulgação da ata da reunião na terça-feira, 05 de novembro, às 08:00, horário de Brasília.

 

Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.



< Voltar