Itaú BBA - Copom: Deixando a porta aberta para mais cortes

Macro Brasil

< Voltar

Copom: Deixando a porta aberta para mais cortes

Dezembro 11, 2019

O comunicado do comitê não se compromete com cortes adicionais na taxa de juros, mas também não os exclui.


Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.

 

• Como esperado, o Copom cortou a taxa Selic em 0,50 p.p., para 4,5% a.a. O comunicado do comitê não se compromete com cortes adicionais na taxa de juros, mas também não os exclui. De fato, o conjunto de previsões apresentado no comunicado, particularmente para 2020 (3,5% e 3,7% no cenário de mercado e híbrido, respectivamente, em comparação com uma meta de 4%) sugere que há margem para flexibilizações adicionais. Dessa forma, ainda esperamos que a taxa básica encerre o ciclo em 4% a.a. no início de 2020. Saberemos mais sobre o racional dessa decisão com a divulgação da ata da reunião na terça-feira, 17 de dezembro, e com a publicação do Relatório Trimestral de Inflação, na quinta-feira, 19 de dezembro.


Para o relatório completo com gráficos e tabelas, favor acessar o pdf em anexo.



< Voltar