Imprensa



14/05/2013

Itaú Unibanco adquire Credicard e amplia atuação na bancarização do País

Fonte: Relações com Imprensa

Operação ainda está sujeita à aprovação dos órgãos reguladores; aquisição foi fechada pelo valor de R$ 2,767 bilhões, que serão pagos em dinheiro após a aprovação oficial.

O Itaú Unibanco e o Citibank formalizaram hoje o Contrato de Compra e Venda de Ações e de Quotas para aquisição do Banco Citicard S.A. (“Banco Citicard”) e da Citifinancial Promotora de Negócios e Cobrança Ltda. (“Citifinancial”), pelo valor de R$ 2,767 bilhões.

 

A transação, que ainda está sujeita à aprovação pelos órgãos reguladores, inclui:

 

- A marca Credicard

 

- Cartões de crédito Credicard, cuja base era de 4,8 milhões em dezembro de 2012 

 

- Financiamentos e crédito pessoal, incluindo as 96 lojas da Credicard Financiamentos 

 

- Ativos de R$ 8 bilhões (base 31/12/12)

 

O negócio não inclui os cartões American Airlines, Credicard Platinum e os cartões com as marcas Citi e Diners. Também não fazem parte da operação os cartões Corporate. Importante frisar que os clientes da Credicard continuarão a usufruir da mesma eficiência e qualidade no atendimento, não havendo qualquer alteração prevista nos contratos em vigor.

 

Até que a operação seja aprovada pelos órgãos reguladores, nada muda para funcionários, clientes e pontos de venda da Credicard. A data-base da operação é 31/12/2012, portanto, os resultados realizados em 2013 pertencem ao Itaú Unibanco.


“Estamos muito felizes em anunciar mais uma operação que reflete nosso compromisso com o desenvolvimento do Brasil, através de maior oferta de crédito. É uma aquisição que também confirma e reforça nosso crescimento em mercados estratégicos. Estamos novamente fortalecendo nossa liderança neste mercado de cartões de crédito e crédito ao consumidor, no qual temos amplo portfólio de produtos e serviços e plataformas especializadas. As oportunidades de crescimento no País também passam pelo desafio de bancarização do brasileiro e o cartão de crédito é um dos principais instrumentos para este fim”, afirma Roberto Setubal, presidente executivo do Itaú Unibanco.

 

Bancarização

A Credicard, criada pelos bancos Itaú, Unibanco e Citibank, há mais de 40 anos, foi pioneira no País na oferta de crédito pessoal via cartão de crédito, iniciativa que facilitou e continua facilitando o acesso dos consumidores a esses recursos e tem impacto positivo não só na expansão desse mercado, como também no desenvolvimento da economia brasileira.

 

Ao longo da última década, os portadores, em todas as faixas de renda, passaram a concentrar mais os seus pagamentos no cartão de crédito. Com a expansão recorde observada nos últimos anos, o total do consumo dos portadores brasileiros de cartões de crédito passou a representar 17,5% do consumo privado nacional em 2012, o equivalente a R$ 480 bilhões. Em 2001, a participação do consumo dos portadores brasileiros de cartões de crédito no consumo privado nacional era de 8,1%.

 

Essa evolução não reflete apenas o sucesso do mercado nacional de cartões de crédito, mas a importância cada vez maior desse meio de pagamento na economia brasileira. Prático e eficaz, o cartão representa acesso fácil ao crédito a milhões de brasileiros – há hoje no Brasil cerca de 193 milhões de cartões de crédito em circulação. Estas informações da Abecs são do 2º trimestre de 2012 e referem-se apenas a cartão de crédito (não inclui Private Label e cartão de débito).

Veja Também

Não existem elementos anteriores que mostrar

Veja mais