É bom saber que você pode ter seu crédito aprovado antes mesmo de ter escolhido o seu novo imóvel.

Tudo feito pelo site, nas agências Itaú, nas imobiliárias ou ainda nas construtoras parceiras.

Com o crédito resolvido, você já pode pensar em qual tipo de imóvel quer comprar.

Veja ao lado mais detalhes da compra da sua casa ou apartamento.

 

Financiamento de imóvel residencial

Temos duas opções de financiamento para você comprar sua casa ou seu apartamento. Conheça aqui todos os detalhes.

Saiba mais

Financiamento de imóvel comercial

Para adquirir um imóvel e investir no seu negócio, confira qual linha de financiamento melhor se adapta ao seu fluxo de caixa.

Saiba mais

Assistir video

Clique na imagem acima e fique a poucos passos do seu novo imóvel.

Crédito em 1 hora

Envie seus dados aqui mesmo pelo site e receba a proposta sem custo e sem compromisso. Se preferir, você também pode ir às agências Itaú ou imobiliárias e construtoras parceiras.

Para valores de até R$ 800 mil a resposta da análise de crédito é enviada em até 1 hora por e-mail, SMS ou através do seu consultor.

Se o seu crédito for aprovado, você receberá uma proposta com condições e  taxas de juros personalizadas. Neste momento não é necessário ter um imóvel definido. Você poderá escolhê-lo, sem pressa, durante o prazo de validade da proposta de crédito.

Gastos com cartório

Quando você compra seu imóvel, há gastos com cartório e com o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), que somados podem chegar a até 5% do valor da avaliação do imóvel.

Estes custos adicionais podem ser incluídos no financiamento. Assim é possível ter dinheiro disponível para pagar à vista e negociar descontos maiores na decoração e mobília. Você também pode usar esses recursos para fazer pequenas reformas no seu novo imóvel sem precisar recorrer a outros financiamentos.

Neste caso, primeiro você paga o cartório e o imposto, e recebe o reembolso após o registro do contrato.

Uso do FGTS

Você pode utilizar os recursos do seu Fundo de Garantia para comprar um imóvel residencial, para diminuir o valor ou a quantidade das parcelas e até para quitar seu financiamento.

Veja as principais regras da Caixa Econômica Federal para o uso do FGTS na aquisição do imóvel:

  • Em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal, o imóvel deve ser avaliado em até R$750 mil. Nas demais regiões, o valor de avaliação do imóvel deve ser de até R$ 650 mil.
  • Comprovação de, no mínimo, 36 depósitos em sua conta do FGTS.
  • Não ser dono de mais de 40% de outro imóvel residencial, pronto ou em construção, em qualquer município que faça divisa da cidade ou da mesma região metropolitana onde você trabalha ou mora atualmente.
  • O imóvel não pode ter sido adquirido com recursos do FGTS nos últimos três anos.

Documentação simples

Você só precisa preencher alguns formulários e enviar poucos documentos.

Primeiramente, preencha os formulários online, clique aqui e saiba como.

Depois, você visualizará uma lista com os documentos necessários para o seu processo.

São necessárias cópias simples de documentos pessoais, sem a necessidade de certidões. Em grande parte dos casos, os únicos documentos originais necessários são a matrícula do imóvel e o extrato do FGTS, se desejar utilizá-lo.

Se você não quiser preencher os formulários pela internet, também conta a relação completa do que precisa ser entregue nos links abaixo.

Simulador de crédito imobiliário

Realizar seu maior sonho pode ser bem mais fácil do que você imagina.