entenda o auxílio

O Auxílio Emergencial é um benefício do Governo Federal de R$ 600,00 mensais destinado aos trabalhadores informaismicroempreendedores individuais (MEI), autônomos ou quem perdeu o emprego para fornecer proteção emergencial durante a crise causada pelo Coronavírus - COVID 19. Você pode solicitar pelo site ou aplicativo da Caixa Econômica Federal. Acesse o site para solicitar ou caso já tenha sido aprovado tire suas dúvidas abaixo.

como faço para receber o auxílio em minha conta do Itaú?

Ao se cadastrar pelo site da Caixa Econômica Federal, você pode optar por receber o valor na sua conta poupança ou corrente já ativa do Itaú. Para isso, basta informar os dados desta conta no momento do cadastro no site da Caixa Econômica Federal. Se aprovado o seu cadastro, o valor será creditado na sua conta poupança indicada ou na poupança vinculada à sua conta corrente, assim o valor fica livre para você movimentá-lo como preferir.

Atenção: caso você escolha transferir o valor para uma conta corrente, ele poderá ser utilizado para pagamento de cheque especial ou de outros débitos programados.

Os primeiros pagamentos serão feitos para os clientes com conta no Banco do Brasil e conta poupança da Caixa, então, fique atento às datas de recebimento.

como será feito o pagamento em minha conta?

Saiba as orientações para quem já fez a solicitação.

recebimento da 1ª parcela


Após o cadastro no site ou app da Caixa Econômica Federal, se aprovada a solicitação, o valor será transferido por DOC para a conta poupança vinculada à sua conta corrente ou para a sua conta poupança. Para sua proteção, o valor será creditado na sua poupança para que você utilize conforme suas necessidades, à sua escolha.

Para evitar o acesso às agências do Itaú que estão com atendimento reduzido com prioridade aos atendimentos dos públicos mais vulneráveis, reforçamos que não é necessário comparecer nas agências para utilizar o seu auxílio. Você pode realizar alguns serviços pelo app Itaú como consultas e transações. Utilize os caixas eletrônicos Itaú, Banco 24Horas ou saque em qualquer agência Itaú com o seu cartão de débito só em casos necessários.


Clientes MEI que tiverem sua solicitação aprovada deverão indicar sua conta pessoa física para recebimento do auxílio, já que não é permitido o pagamento em conta pessoa jurídica.

Microempreendedora MEI em sua cafeteria colocando lanches em uma vitrine estufa para salgados.
Microempreendedora MEI em sua cafeteria colocando lanches em uma vitrine estufa para salgados.

recebimento da 2ª parcela

Por determinação do Governo Federal, mesmo tendo indicado o Itaú para recebimento, o valor será direcionado em um primeiro momento para uma poupança social aberta em seu nome na Caixa Econômica Federal.

O crédito do valor nessa poupança será feito de acordo com o calendário definido pelo Governo Federal, a partir do dia 20/05.

Enquanto o valor estiver na poupança social na Caixa Econômica Federal, não será possível sacar ou transferir o auxílio. Consulte como é possível movimentar esse valor no site da Caixa Econômica Federal (www.cef.gov.br) ou no telefone 111.

A partir de 30/05, conforme o mês do seu aniversário, a Caixa Econômica Federal irá transferir saldo da poupança social para a conta do Itaú que você indicou.

recebimento da 3ª parcela

Os pagamentos da 3ª parcela iniciaram no dia 27/Jun, de acordo com o calendário definido pelo Governo Federal.

Mesmo com a indicação do Itaú para recebimento do auxílio emergencial, por determinação do Governo Federal, o valor será direcionado em um primeiro momento para uma poupança social aberta em seu nome na Caixa Econômica Federal.

O crédito do valor na poupança social na Caixa econômica Federal será feito de acordo com o mês de seu aniversário, entre os dias 27/Jun a 04/Jul.

No período de 18/Jul a 19/Set, conforme o mês de seu aniversário, a Caixa Econômica Federal irá transferir automaticamente o saldo dessa conta poupança social 
(total ou parcial, se você tiver movimentado sua conta poupança social) para a conta que você havia indicado no Itaú  e, então, seguiremos as mesmas regras do pagamento da 1ª e 2ª parcela, com a disponibilização do valor em conta poupança ou na conta poupança vinculada à conta corrente indicada.

Trabalhadores MEI sorrindo e sentados em uma mesa de escritório.
Trabalhadora MEI sentada dentro de sua loja e usando um computador.

recebimento da 4ª parcela

Os clientes elegíveis ao recebimento a 4ª parcela do auxílio emergencial receberão o pagamento a partir do dia 22/Jul. Ainda que o cliente tenha indicado o Itaú para recebimento do auxílio emergencial e tenha recebido o valor da 1ª parcela nessa conta, desde a 2° parcela ocorreu alteração no processo de repasse deste valor a conta Itaú, o valor será direcionado em primeiro momento para uma poupança social aberta em nome do cliente na Caixa.

O crédito do valor na poupança social na Caixa econômica Federal será feito de acordo com o mês de aniversário do cliente, entre os dias 22/Jul a 26/Ago.

No período de 25/07 a 17/09, conforme mês do aniversário do cliente, a Caixa Econômica Federal irá transferir automaticamente  o saldo dessa conta poupança social 
(total ou parcial, se você tiver movimentado sua conta poupança social) para a conta que o cliente havia indicado no Itaú e, então, seguiremos as mesmas regras dos pagamentos anteriores, com a disponibilização do valor em conta poupança ou na conta poupança vinculada à conta corrente indicada.

Importante: 
esta regra é válida apenas para clientes que receberão a 4ª parcela. Para clientes que ainda não receberam a 1ª, 2ª e 3° parcela do auxílio, deverão ser verificadas com a Caixa Econômica as regras específicas para cada pagamento.

recebimento da 5ª parcela

Os pagamentos da 5ª parcela iniciam no dia 28/ago, de acordo com o calendário definido pelo Governo Federal.
 

Mesmo com sua indicação do Itaú como instituição para recebimento de seu Auxílio Emergencial, por determinação do Governo Federal, o valor será direcionado em um primeiro momento para uma poupança social aberta em seu nome na Caixa Econômica Federal e o crédito será feito de acordo com o mês de seu aniversário, entre os dias 28/ago a 30/set.
 

No período de 19/set a 27/out, conforme o mês de seu aniversário, a Caixa Econômica Federal irá transferir automaticamente o saldo dessa conta poupança social (total ou parcial, se você tiver movimentado sua conta poupança social) para a conta que você havia indicado no Itaú  e, então, seguiremos as mesmas regras do pagamento da 1ª, 2ª, 3ª e 4ª parcela, com a disponibilização do valor em conta poupança ou na conta poupança vinculada à conta corrente indicada.

Trabalhador MEI em sua loja e usando um tablet.

como utilizar o valor que foi creditado na conta poupança?

Além das transações normais de consultas, você pode movimentar os valores da poupança da seguinte forma:

• É possível transferir qualquer valor via app para a conta corrente. É simples, rápido, seguro e sem cobrança de tarifas;
• Ou também transferir para outras contas do Itaú.

Nesse momento, reforçamos que não é necessário ir até uma agência para utilizar o valor do auxílio. Caso seja necessário, você pode sacar o valor nos caixas eletrônicos Itaú, Banco 24Horas com o seu cartão de débito.

Importante:
 se optar por transferir para uma conta corrente com saldo negativo ou com débitos programados, o valor pode ser utilizado para pagamento dessas pendências. Consulte seu saldo e débitos programados e considere deixar seu auxílio reservado na poupança.

cliente Itaú em uma casa usando o celular e sorrindo
cliente Itaú sentado no chão de uma casa com notebook no colo e segurando papeis

é bom saber

Em momentos de incertezas e de aperto financeiro, o benefício emergencial pode apoiá-lo nas compras primárias e de extrema necessidade, assim como pagamentos de contas, renegociação de dívidas e construção de uma reserva de emergência.

Conte com a gente: nosso time está à disposição nos canais digitais para ajudar você com eventuais dúvidas. 

ainda tem dúvidas?

Confira aqui as principais orientações sobre o recebimento do auxílio e como você pode acessá-lo pelo Itaú.

Se a sua solicitação for aprovada pela Caixa Econômica Federal, o valor poderá ser creditado na conta corrente ou conta poupança indicada no momento do cadastro no App e no site da Caixa Econômica Federal. Se você escolheu uma conta poupança, o crédito será feito normalmente na conta indicada. Se você escolheu uma conta corrente, para sua proteção, o valor será creditado na poupança vinculada à conta corrente indicada (poupança/500). Importante: se você optar por transferir o valor para uma conta corrente e houver saldo devedor de cheque especial ou débitos programados, o valor será utilizado para pagamento.

Para receber o benefício você precisa ter os pré-requisitos abaixo:

• Ser maior de 18 anos;

• Não ter emprego formal;

• Não receber benefício assistencial ou previdencial, seguro-desemprego, ou fazer parte de qualquer outro programa de transferência de renda do governo (exceto o Bolsa Famíla);

• Ter renda familiar por pessoa de até R$ 522,50 ou renda mensal familiar de até R$ 3.135;

• Não ter recebido mais de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis em 2018 – ou seja, ser isento da declaração do IR.

 

Também é preciso se encaixar em pelo menos um desses critérios:
 

• Ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);

• Exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI)

• Ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS)

O cadastro no site/App não garante o recebimento do benefício. Após esta etapa, será realizada uma validação de elegibilidade pelo Governo Federal, conforme critérios do programa emergencial. E se aprovado, a Caixa Econômica Federal é responsável pelo envio do valor para a conta que você indicou, conforme cronograma de pagamentos do Governo Federal.

Para mais informações, acesse: https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio

Além disso, caso tenha havido algum erro nas informações da conta ou caso você indique uma conta bloqueada totalmente ou uma conta de pessoa jurídica, a transferência será devolvida para a Caixa Econômica Federal. Nessa situação, você deverá procurar a Caixa Econômica Federal no próximo dia útil.

A transferência do valor será recusada e devolvida para a Caixa Econômica Federal se você indicar uma conta Itaú nas seguintes situações:

•Conta que não seja de sua titularidade;

•Conta Pessoa Jurídica, já que somente contas de pessoas físicas podem ser indicadas;

•Contas com bloqueio judicial total

•Outros motivos de rejeição de DOC usuais, como por exemplo: Divergência de Titularidade, Dados incorretos, Contas bloqueadas/ encerradas, etc.

Confira os dados da sua conta antes de preencher o cadastro e, caso não receba o valor no prazo, procure a Caixa Econômica Federal.

O valor ficará disponível para utilização no primeiro dia útil posterior ao envio do valor pela Caixa Econômica Federal. 

Se você indicou uma conta poupança, você pode consultar o valor do benefício na página inicial do acesso a sua conta pela internet ou pelo aplicativo Itaú na rota Serviços > Investimentos > Poupança > detalhar.

Se você indicou uma conta corrente, o valor estará na conta poupança vinculada e você pode consultar o recebimento do benefício pela internet na rota: Menu > Poupança > Posição consolidada ou pelo aplicativo: Serviços > Investimentos > Poupança > detalhar.

O benefício aparecerá no seu extrato como “DOC AUX GOV EMER” ou “AUX1GOV EMER”.

Sim, no cadastramento junto à Caixa Econômica Federal você poderá indicar uma conta conjunta em que você seja um dos titulares para recebimento do auxílio.

Mesmo tendo indicado o Itaú para recebimento, o valor será direcionado em um primeiro momento para uma poupança social aberta em seu nome na Caixa Econômica Federal.

O crédito do valor nessa poupança será feito de acordo com o calendário definido pelo Governo Federal, a partir do dia 20/05.

Enquanto o valor estiver na poupança social na Caixa Econômica Federal, não será possível sacar ou transferir o auxílio. Consulte como é possível movimentar esse valor no site da Caixa Econômica Federal (www.cef.gov.br) ou no telefone 111.

A partir de 30/05, conforme o mês do seu aniversário, a Caixa Econômica Federal irá transferir o saldo da poupança social para a conta do Itaú que você indicou e seguirá as mesmas regras do pagamento da 1ª parcela.

Aniversário em janeiro – recebe no Itaú em 30/05

Aniversário em fevereiro – recebe no Itaú em 01/06

Aniversário em março – recebe no Itaú em 02/06

Aniversário em abril – recebe no Itaú em 03/06

Aniversário em maio – recebe no Itaú em 04/06

Aniversário em junho – recebe no Itaú em 05/06

Aniversário em julho – recebe no Itaú em 06/06

Aniversário em agosto – recebe no Itaú em 09/06

Aniversário em setembro – recebe no Itaú em 10/06

Aniversário em outubro – recebe no Itaú em 11/06

Aniversário em novembro – recebe no Itaú em 12/06

Aniversário em dezembro – recebe no Itaú em 13/06

 

Mesmo com a indicação do Itaú para recebimento do auxílio emergencial, por determinação do Governo Federal, o valor será direcionado em um primeiro momento para uma poupança social aberta em seu nome na Caixa Econômica Federal.

O crédito do valor na poupança social na Caixa Econômica Federal será feito de acordo com o mês de seu aniversário, a partir do dia 27/Jun.

A partir de 18/07, conforme o mês do seu aniversário, a Caixa Econômica Federal irá transferir automaticamente o saldo da poupança social (total ou parcial, se você tiver movimentado sua conta poupança social) para a conta do Itaú que você indicou, e então, seguiremos as mesmas regras do pagamento da 1ª e 2ª parcela, com a disponibilização do valor em conta poupança ou na conta poupança vinculada à conta corrente indicada.

Aniversário em janeiro – recebe no Itaú em 18/07

Aniversário em fevereiro – recebe no Itaú em 25/07

Aniversário em março – recebe no Itaú em 01/08

Aniversário em abril – recebe no Itaú em 08/08

Aniversário em maio – recebe no Itaú em 15/08

Aniversário em junho – recebe no Itaú em 29/08

Aniversário em julho – recebe no Itaú em 01/09

Aniversário em agosto – recebe no Itaú em 08/09

Aniversário em setembro – recebe no Itaú em 10/09

Aniversário em outubro – recebe no Itaú em 12/09

Aniversário em novembro – recebe no Itaú em 15/09

Aniversário em dezembro – recebe no Itaú em 19/09