Sem sugestões de pesquisa. Aperte TAB para acessar os mais buscados

Pode vir tranquilo: o Open Finance tem um Itaú de Segurança

9/11/2021 - 5 min de leitura


Ilustração representando cliente e funcionário Itaú conversando sobre segurança. Ilustração representando cliente e funcionário Itaú conversando sobre segurança.

O que é Open Finance você já sabe, acompanhando aqui. Mas e a segurança dos dados nesse novo modelo bancário? Você deve se perguntar: “Como posso ficar tranquilo em relação à abertura e ao compartilhamento dos meus dados? Como saber se eles estão seguros?”.

Bom, o Open Finance é baseado em um processo padronizado de APIs, ou Interface de Programação de Aplicativos, que segue uma série de regras estabelecidas pelo Banco Central, justamente para assegurar o compartilhamento transparente e seguro de dados.

Mas aí você pensa: “Se os softwares se comunicam entre si, os dados estão ali soltos, abertos pra quem quiser pegar?”.

Não é bem assim. Na verdade, as APIs do Open Finance estão em um ambiente delimitado, controlado e normatizado pelo Banco Central e pelo Conselho Monetário Nacional, permitindo que a troca dos dados aconteça apenas entre as instituições financeiras, de pagamento, fintechs e demais instituições autorizadas e regulamentadas.

Lembre-se: os dados são seus, e você escolhe com qual instituição compartilhar e por quanto tempo, tudo de maneira segura e automatizada. E tem mais: quem compartilha com o Open Finance Itaú, tem todo um Itaú de segurança.

Por isso, perguntamos: já está preparado para compartilhar seus dados bancários de outras instituições com o Itaú? Dessa forma, o Itaú te conhece melhor e pode oferecer serviços e produtos que tenham mais a ver com você, e que sejam pensados para o seu perfil. Além de toda a segurança de uma das maiores instituições financeiras da América Latina. Então, vem saber mais.

 

Por que seus dados bancários estão seguros no Open Finance?

Primeiramente, o seu compartilhamento de dados segue um formato padrão para que o processo seja mais rápido, organizado e seguro. Ainda, a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) garante mais segurança no processo, de forma que, toda vez que você permita o compartilhamento de dados, a finalidade de uso desses dados estará bem definida. Além disso, quando você confia seus dados bancários ao Itaú, tem a certeza de estar trazendo suas informações mais preciosas para: - O maior banco privado da America Latina; - Um banco com histórico de relacionamento centrado no cliente; - Uma instituição que está aqui há muito tempo – o Itaú tem quase 100 anos de história, milhares de colaboradores e acionistas, além de milhões de clientes.

 

Quando você compartilha seus dados com o Itaú, eles continuam sendo seus, mas a responsabilidade sobre eles passa a ser nossa. Por isso, durante todo o processo, canais de comunicação acessíveis, além de orientação constante do Itaú, garantem sua tranquilidade. No Itaú, você ainda tem acesso aos oráculos do Itaú. A gente explica.

 

Porta dos Fundos e Open Finance: uma forma fácil de entender

Dúvidas e desafios? Vamos resolver de forma leve e com humor: chamamos o pessoal do Porta dos Fundos para falar sobre Open Finance. Eles trouxeram o humor e exemplos práticos do dia a dia. Já nós, do Itaú, trazemos a explicação e a especialidade do tema para deixar o assunto mais claro. Fala a verdade, essa foi a parceria perfeita, né? Tudo pensado da melhor forma para que você consiga ficar por dentro de toda essa novidade. Mas é aqui dentro do Itaú que estão os verdadeiros especialistas. Quando se fala em compartilhamento de dados num mundo cheio de fraudes digitais, já é esperado que haja muitas perguntas. Por isso, também elegemos alguns dos nossos colaboradores para que expliquem cada passo desse novo modelo bancário. Não se preocupe: durante a implementação de Open Finance, vamos ter, em nossas redes sociais, esse pessoal especialista explicando tudo sobre segurança. O nosso compromisso é com a capacitação de cada um dos nossos colaboradores para que todos sejam especialistas em responder às suas dúvidas: da central de atendimento até as redes sociais, passando pela gerência.

Thumbnail do vídeo "Informação Privada" do canal Porta dos Fundos.

Quer saber mais sobre Open Finance rindo bastante?

No primeiro episódio do Porta dos Fundos, o assunto é segurança, claro. Eles também estão em nossas redes sociais, com nossos especialistas. Fique de olho. Enquanto isso, clique abaixo e assista ao vídeo no canal deles no YouTube. Ah, e se precisar de ajuda para entender mais sobre Open Finance, você já sabe que pode contar com a gente.