Como não cair em golpes com o PIX?

4/01/2021 - 4 min de leitura


Ilustração isca de pesca com o nome pix na ponta Ilustração isca de pesca com o nome pix na ponta

Criado pelo Banco Central o Pix chegou para facilitar a vida de todos com uma nova forma de fazer as transações. O novo meio de pagamento, transferência e recebimento de valores é feito em até 10 segundos, 24 horas por dia e todos os dias do ano, incluindo finais de semana e feriados.

Com o começo da operação valendo, a grande dúvida de todos é como não cair em golpes com o PIX. As fraudes costumam ser feitas através de mensagens enviadas por e-mails, SMS, whatsapp e redes sociais pedindo para que você cadastre sua chave do PIX. Os golpistas pedem dados pessoais, do seu banco e até mesmo senhas e assim acabam tendo acesso a sua conta, por exemplo.

Aqui vai uma listinha de situações que podem te ajudar a não ser pego nessas armadilhas ;)

 

Como cadastrar a chave?

Aqui no Itaú ou em outros bancos o cadastro pode ser feito através do app, ou site do seu banco. Abra o app Itaú e logando com sua conta e senha. Acesse o menu Pix e escolha sua chave que pode ser o e-mail, celular ou CPF. Confirme a chave informada e pronto, você já pode fazer suas transações!

 

De que forma o banco ou instituição podem entrar em contato com você?

No geral os bancos e instituições financeiras entram em contato por e-mail, redes sociais, mas nunca pedem informações pessoais ou que preencham formulários. O cadastro é feito apenas pelo site oficial ou app.

 

Quais são os tipos de fraudes cometidas e como identificá-las?

Fique atento a e-mails e principalmente mensagens de whatsapp recebidas que não sejam do remetente do seu banco, mas que possuem um layout parecido. Evite clicar em links e responder as mensagens enviadas passando seus dados.

Outra forma que pode acontecer em transação tanto de PIX quanto de TED e DOC  é a ação de hackers tentarem roubar senhas e autorizações ou ainda interceptar transações por QR Code. Nesses casos eles precisam invadir o computador, celular ou qualquer outro dispositivo que a pessoa estiver usando.

 

Nunca passe sua senhas

O banco e nenhuma outra instituição vão entrar em contato com você pedindo essa informação que é sigilosa! Fique com os dois pés atrás de quem te solicitar esse tipo de informação e não passe de forma alguma.

 

Cuidado com pedidos de alteração de senhas que você não solicitou

Essa costuma ser uma forma de conseguirem seus dados. Não abra o e-mail, clique em links ou responda a essa solicitação indevida.

O PIX chegou para ajudar, mas assim como qualquer outro produto digital vai ter sempre alguém querendo agir de má fé e se aproveitar de situações de vulnerabilidade. Cuidados básicos como os que listamos aqui podem ser aplicados na sua rotina, evitando incidentes com qualquer tipo de movimentação online ;)