Consideramos o gerenciamento de riscos um instrumento essencial para otimizar o uso de recursos e selecionar as melhores oportunidades de negócios, visando maximizar a criação de valor para nossos acionistas. O gerenciamento de riscos é o processo no qual:
 

• São identificados e mensurados os riscos existentes e potenciais em nossas operações;

• São aprovados normativos institucionais, procedimentos e metodologias de controle e gestão de riscos consistentes com as orientações do Conselho de Administração e nossas estratégias; e

• Nossa carteira é administrada vis-à-vis as melhores relações risco-retorno.
 

A identificação de riscos tem como objetivo mapear os eventos de risco de natureza interna e externa que possam afetar as estratégias e os objetivos de nossas unidades de negócio e de suporte, impedindo-as de atingir suas metas, com possibilidade de impacto nos lucros, no capital, na liquidez e na reputação.
 

Os processos de gerenciamento de risco estão incorporados por toda a instituição e alinhados às diretrizes do Conselho de Administração e da Diretoria que, por meio de nossos Comitês e Comissões Superiores, definem os objetivos gerais de gerenciamento de risco, expressos em metas e limites para as unidades de negócio. As unidades de controle e gerenciamento de capital, por sua vez, apoiam nossa administração por meio de procedimentos de monitoramento e da análise de risco e capital.